Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro


 

Porto Velho,  dom,   22/outubro/2017     
COLUNISTA: Carlos Coqueiro

Senador

18/8/2004
jccoqueiro@yahoo.com.br
 
  
Mário Calixto Filho já é membro da Comissão de Educação.

MANUTENÇÃO?
Os avi√Ķes da Rico Linhas A√©reas continuam apresentando problemas t√©cnicos, o que pode resultar em novos acidentes.

SEGURO
A Ag√™ncia Nacional de Sa√ļde multou o Bradesco em cerca de R$ 30 milh√Ķes e a Sul Am√©rica com R$ 50 milh√Ķes por “reajuste abusivo de planos de sa√ļde.”

VE√ćCULOS
Os preços dos automóveis da GMB e da Fiat Automóveis estão mais caros.

DUAS RODAS
A Moto Honda da Amaz√īnia tem nova tabela.A C100 Biz custa agora da ordem de R$ 4 mil.Sem frete.Nem seguro.

INTER
A internet voltou a esquentar a economia mundial.Quem viver, ver√°.

DIREITO
O advogado Arimar Souza de S√° participando das comemora√ß√Ķes dos trinta anos da secccional da Ordem dos Advogados do Brasil. Presen√ßa de Roberto Busato, presidente nacional.Na ocasi√£o,Arimar Souza de S√° em conversa com √† coluna disse que”o banco que cancelar cheque especial de cliente sem aviso pr√©vio incorrer√° em ato pass√≠vel de processo por dano moral, segundo decis√£o do STJ.”

JUSTIÇA
Por decis√£o da Justi√ßa, o INSS admitiu ao colunista a gerente-executiva S√īnia Werneck, vai pagar sal√°rio-maternidade para mulheres desempregadas, inclusive empregadas dom√©sticas.Para tanto, basta que a interessada pe√ßa o benef√≠cio at√© no m√°ximo um ano ap√≥s seu sair do emprego.A medida vale para dispensadas a partir de 9 de junho passado.

AVIAÇÃO
Tarc√≠sio Gargioni, vice-presidente de Marketing da Gol Linhas A√©reas, convidou JC para o v√īo inaugural da empresa a√©rea √† SP.Depois do sucesso com os v√īos coruj√Ķes, a Gol continua trazendo novidades.Dois novos destinos entraram para a rota da empresa.Desde dia 10, ter√ßa-feira, come√ßaram v√īos para Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC).Para Rio Branco – com tarifas come√ßando em R$ 1.526,00, ida e volta desde S√£o Paulo – e Porto Velho, por a partir de R$ 1.592,00.


INTEGRANTE
Deputado Miguel de Souza integrou a comitiva do presidente Lula a Ji-Paraná (RO) e à inauguração da ponte entre Brasiléia e Cobija.

IN√ďCUA
√Č in√≥cua a id√©ia do governo de implantar farm√°cia popular para cumprir compromisso de campanha.S√£o apenas 84 medicamentos e a popula√ß√£o n√£o tem dinheiro para a compra.O ideal √© o credenciamento das farm√°cias para distribui√ß√£o gratuita dos rem√©dios, com posterior pagamento pelo Minist√©rio da Sa√ļde.No Brasil, existem 60 mil farm√°cias,mas bastaria o credenciamento de 20 mil.

RODEIO
Ayres do Amaral e Jo√£o do Vale, apreciadores de rodeio, se preparam para a 49a. Festa do Pe√£o de Boiadeiro em Barretos (SP).

F√ďRUM
Jos√© Carlos Vitachi, procurador-geral de Justi√ßa, e Miguel M√īnico Neto, promotor de Justi√ßa, preocupados com a situa√ß√£o fundi√°ria da Amaz√īnia Ocidental, realizaram em Porto Velho, F√≥rum de meio ambiente.

N√öCLEO
Fernando Prado,diretor executivo da Uniron,premiando a comunidade acad√™mica com palestra do embaixador da Su√≠√ßa no Brasil, Jurg Leutert.√Č o surgimento do N√ļcleo de Altos Estudos da IES.

HORTAS
A Seapes incentiva a formação de hortas comunitárias nos bairros.

PATROC√ćNIO
Pedro Teixeira e Osvino Juraszek,dirigentes do Sebrae estadual,patrocinando a presença do micro-empresário à III Feira Multisetorial da Pérola do Mamoré em Guajará-Mirim (RO) e XVI Congresso Nacional da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) em Belo Horizonte.Esses executivos do Sebrae {Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas} incentivam em Porto Velho, o surgimento de um curso de introdução à lapidação de pedras semi-preciosas para joalheiros.

PIEMONTE
J√° chegaram os utilit√°rios,caminh√Ķes leves e pesados Iveco de Airton Vieira. A nova linha tem tudo que voc√™ procura em um ve√≠culo de carga:robustez, for√ßa, resist√™ncia e agilidade Daily, EuroCargo e Euro Tech.

DOM√ćNIOS
A Sadia, a maior empresa de alimentos do país, estaria ingressando no mercado de produtos à base de peixe.

DIABETES
A m√©dica Diva Vaz anuncia que no recente congresso de Endocrinologia em que ela esteve em S√£o Paulo, um laborat√≥rio lan√ßou um novo exame destinado a esses pacientes diab√©ticos.Trata-se da instala√ß√£o no paciente de um aparelho similar a um pager, que faz centenas de medi√ß√Ķes de glicose ao longo de 72 horas.Os resultados, apresentados em gr√°ficos,representa uma ferramenta a mais para o controle da diabetes do paciente e estabelece um sistema mais adequado de tratamento, garante a especialista.

CARDIOLOGIA
Eduardo Coimbra, o cardiologista preferido de 9 em cada 10 pacientes, diz à coluna que existem diversos exames para diagnosticar doenças do coração.Cabe ao médico, baseado na história clínica e nos achados de exame físico do paciente, decidir quais deles devem ser realizados pelo paciente.A decisão do médico vai se basear também nos fatores de risco detectados e na intensidade dos sintomas e sinais encontrados.Apesar de um século de uso,o eletrocardiograma (ECG) ainda é uma arma poderosa no diagnóstico da dor torácica de origem cardíaca, sublinha o cardiologista que de 26 a 29 de setembro, vai ao Rio, ao 59o Congresso Brasileiro de Cardiologia.

RESSON√āNCIA
O consagrado radiologista Samuel Castiel se prepara para novos investimentos em equipamento de ponta a servi√ßo da sa√ļde de seus pacientes:resson√Ęncia magn√©tica 1.5 tesla, uma das poucas na Amaz√īnia.

NA TV
Um departamento exclusivo foi criado pela Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria para monitorar a publicidade de medicamentos veiculada na TV.O foco principal est√° nos merchandisings de produtos que se autodenominam naturais, geralmente ch√°s para emagrecimento,exibidos em programas direcionados ao p√ļblico feminino.Esses produtos n√£o possuem tarjas e podem ser comercializados,mas segundo o √≥rg√£o, eles n√£o possuem registro.Para o setor de medicamentos, ainda n√£o existe uma Lei que restrinja a propaganda.No ano passado, foram emitidos 704 autos de infra√ß√£o.

ENSINO
Metodologia inovadora e presencial, que alia o lado humano da educa√ß√£o √†s facilidades do ensino do s√©culo XXI, essa √© a marca dos cursos de p√≥s-gradua√ß√£o “lato sensu” da Faculdade S√£o Lucas.

CRESCIMENTO
Supermercados Gonçalves prometem inaugurar ainda em 2004 duas unidades em Guajará-Mirim (RO).

DIFICULDADES
Se os planos de sa√ļde privados e o Sistema √önico de Sa√ļde (SUS) reajustassem em 100 por cento os pre√ßos que pagam aos laborat√≥rios de an√°lises cl√≠nicas pelos servi√ßos que estes prestam, ainda assim seria pouco para corrigir a enorme perda que v√™em sofrendo, nos √ļltimos dez anos.A declara√ß√£o √© do competente farmac√™utico-bioqu√≠mico Delman Saldanha.Para ele,o pre√ßo √©tico √© o que cobre o custo do exame, com uma margem de lucratividade que possibilite o laborat√≥rio a investir em qualidade do atendimento ao cliente.Os baixos pre√ßos e a falta de reajuste est√£o levando √† insolv√™ncia os laborat√≥rios de Porto Velho que, em sua maioria atendem ao SUS.

FORMAÇÃO
As operadoras de planos de sa√ļde que atuam, no mercado da sa√ļde suplementar,estariam contratando servi√ßos de an√°lises cl√≠nicas, sem distinguir se o laborat√≥rio tem como respons√°vel um profissional de forma√ß√£o em bioqu√≠mica.

FECHAMENTO
O Conselho Regional de Farm√°cia n√£o pode mais permitir o fechamento em Rond√īnia e no Acre,de laborat√≥rios que, muitas vezes, fizeram grandes investimentos e n√£o conseguem realizar novos exames.

PRESIDENTE
A Sociedade Brasileira de An√°lises Cl√≠nicas (SBAC) tem novo presidente. Toma posse, em novembro.√Č o farmac√™utico-bioqu√≠mico Ulisses Tuma.

OMISSÃO?
A Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria e a SBAC cruzaram os bra√ßos.N√£o existe norma regulat√≥ria que exija que o registro para a abertura de um laborat√≥rio de an√°lises cl√≠nicas nos seus devidos Conselhos ocorra, somente ap√≥s ele estar inscrito em um programa nacional de controle de qualidade.

MERCADO
Enrique Egea Pacheco no mercado com uma linha completa de caminh√Ķes e √īnibus.Tecnologia VW e baixo custo de manuten√ß√£o.

FINANCIAMENTO
Leonardo Sobral, presidente do Sindicato da Micro e Pequena Ind√ļstria (Simpi), critica as dificuldades enfrentadas pelo empres√°rio para obter financiamento banc√°rio.

4 RODAS
A linha 2005 VW j√° est√° na LF Autom√≥veis.Novidade: garantia de 3 anos para motor e c√Ęmbio.

Nenhum comentário sobre esta coluna

Mais colunas de Carlos Coqueiro
Publicidade: