Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  dom,   19/janeiro/2020     
política

Jayme defende mudança de imagem das potencialidades do turismo

9/9/2004 14:36:45
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Antes de ser candidato a vereador pelo PTB, que apóia Oscar Andrade, Jayme Ledo é um experiente empresário do setor de turismo. Aqui ele diz o que é importante no desenvolvimento desse setor. 


 Interessado em ser “um interprete” do setor turístico na Câmara Municipal, “porque este é um segmento de resposta rápida na geração de empregos e renda”, Jayme Ledo defende a “imediata criação de um órgão oficial do turismo municipal, talvez uma Secretaria”. Para ele o município deveria desenvolver “um programa de conscientização” para os dirigentes de atividades da iniciativa privada inseridos em áreas envolvidas com o turismo”.

Em sua opinião “há de se fazer um esforço para mudar a imagem, no que diz respeito às potencialidades turísticas, de Porto Velho”.

É preciso que “quem for responsável pela política do turismo”, fala o candidato, “tenha em conta que viajar é verificar fisicamente lugares que ou se ouviu falar ou já se conhece”. Por isso, continua explicando, “deveriam ser desenvolvidas ações setoriais, com a intenção de valorizar certos lugares, como as nossas cachoeiras, e eventos”.

Com esta visão Jayme garante que “não deixará o prefeito em paz, enquanto a prefeitura não pavimentar os acessos a locais como a Cachoeira do Teotônio, dotando-os de infraestrutura mínima para receber os visitantes”.

Para o empresário “temos todas as possibilidades de dinamizar o nosso turismo” mas é preciso vencer, como opinou, “até barreiras psicológicas”. E para isso Jayme aponta a necessidade de uma ação de comunicação compreendendo três áreas fundamentais: publicidade, ação promocional e ação de informações.

O empresário acredita que é necessário fortalecer os eventos típicos e as manifestações folclóricas, recuperar patrimônios históricos como a Estrada de Ferro Madeira-Mamoré, “bem como já se preparar para aproveitar o potencial que as novas hidroelétricas terão para melhorar o fluxo turístico na capital”.

Decidido a tratar desse assunto de uma forma mais enfática na Câmara Municipal, Jayme levanta a bandeira de implantar um programa receptivo aéreo que tenha realmente consonância com o Aeroporto Internacional que precisa realmente operar nesse sentido.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: