Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  seg,   1/junho/2020     
cidades

Igreja faz missa sem álcool para dependentes químicos

22/3/2005 15:16:55
Por Edson Lustosa
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



A paróquia de Nossa Senhora da Conceição estará realizando nas tardes do primeiro sábado de cada mês uma missa especial para fiéis dependentes químicos, seus familiares e amigos. 


 As pessoas que sofrem de alcoolismo ou dependência química e não comungam na missa para evitar o vinho agora terão uma opção em Porto Velho. A paróquia de Nossa Senhora da Conceição, da Igreja Católica Apostólica Brasileira, estará realizando nas tardes do primeiro sábado de cada mês uma missa especial para esses fiéis, seus familiares e amigos.

A medida visa a beneficiar um grande número de pessoas, que terão a oportunidade de receber o sacramento da eucaristia sem correr o risco de uma recaída em seus programas de recuperação provocada pelo contato com o álcool contido no vinho.

Segundo Dom Admilson Ferreira de Brito, bispo diocesano da Igreja Católica Brasileira em Porto Velho, a missa do primeiro sábado permitirá que as pessoas que enfrentam problemas de álcool e drogas, seja como dependentes ou amigos e familiares de dependentes, possam se sentir mais à vontade para abordar o tema, dando testemunhos de graças alcançadas e fazendo pedidos de oração.

O religioso explica que se inspirou no trabalho desenvolvido por grupos de auto-ajuda que trabalham a chamada programação dos doze passos, uma seqüência de recomendações que, uma vez observadas pelo dependente de álcool ou drogas, asseguram a paralisação do consumo dessas substâncias e a promoção da regeneração espiritual.

“Entendemos que é um sofrimento para uma pessoa que não pode ter contato com o álcool vir à missa e não poder participar do momento mais importante dela, que é a eucaristia, por isso resolvemos desenvolver esse modelo de missa, que vai dar oportunidade aos jovens da nossa comunidade não apenas de se prevenirem, por conhecerem melhor os horrores da adicção às drogas, mas também de levarem uma mensagem de esperança para os seus lares”, afirmou Dom Admilson, lembrando que em Porto Velho o problema das drogas é bastante sério e exige que todas as instituições se envolvam no combate ao seu avanço. A igreja fica na avenida Costa e Silva, Nº 1395, bairro São Sebastião II.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: