Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sáb,   31/outubro/2020     
cidades

Ernandes Amorim disposto a tudo para derrubar Confúcio

3/7/2005 15:35:09
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Ex-tudo na política de Ariquemes e até ex-presidiário, Ernandes Amorim não desiste de buscar a desestabilização do prefeito Confúcio Moura. 


 Ã€s vezes chamado de “O Caudilho” de Ariquemes, Ernandes Amorim tem orientado uma verdadeira campanha para desestabilizar a administração do prefeito Confúcio Moura, naquela cidade. Amorim faz parte daquela safra de políticos antigos, que Rondônia deseja substituir. Mas o “velho caudilho”, usando as antigas táticas, não pretende sair da ribalta. Inconformado com a derrota sofrida no último pleito eleitoral, quando não conseguiu reeleger sua filha Daniela Amorim, a ex-prefeita da cidade, ele prepara um novo ataque à administração de Confúcio, liderando uma manifestação prevista para a próxima 6ª feira, 17, quando deverá lançar um projeto político paralelo para o desenvolvimento da cidade.

Amorim está convencido de que não manteve o poder ariquemense em suas mãos porque estava preso no xadrez da Polícia Federal, em Porto Velho, durante o período da disputa eleitoral.


NO JUDICIÁRIO

O clã Amorim tentou apear Confúcio Moura da prefeitura com ações no Judiciário, onde pretendiam ver o prefeito eleito cassado. Essas tentativas não deram resultado. A Justiça não aceitou as denúncias apresentadas contra o prefeito, que foi mantido no cargo. Isso não significou, entretanto, o fim das dores de cabeça do médico Confúcio Moura, do PMDB, para continuar o programa de sua gestão municipal.

Amorim pretende com a manifestação do próximo dia 17 iniciar um grande movimento político, imaginando viabilizar seu nome como o próximo candidato a deputado federal pela região.

O “Caudilho de Ariquemes” é afoito. Já tentou até mesmo ser candidato a prefeito de Porto Velho. Só não conseguiu porque seu nome foi barrado pela Justiça. Em sua vida pública, Amorim só não foi deputado federal e governador. Ele bem que tentou ser governador de Rondônia, mas foi derrotado. Para deputado federal, se realmente for candidato, Amorim tentará pela primeira vez.

Personagem que ao longo de sua vida pública respondeu a diversos inquéritos e processos de ordem criminal, Amorim sempre manteve a posição de liderança política em Ariquemes, liderança essa reconhecida pelo próprio prefeito atual que teve participação destacada na política da cidade como deputado federal, cargo agora na mira do “Caudilho”.


AS CRÍTICAS


Amorim tem centrado suas críticas ao prefeito, responsabilizando-o pela falta de um programa popular de gestão, por estar dedicando todos os esforços da comunidade na construção de um novo centro administrativo, em substituição à acanhada prefeitura da cidade, construída ainda no tempo em que Teixeirão era o governador do Estado.

Ele afirma que o prefeito, desde sua posse, “nunca pisou” na velha prefeitura, preferindo despachar das secretarias municipais.

Amorim vai mais longe, tentando desenhar o caos administrativo que, em sua opinião existe é responsável pelo abandono da classe mais pobre, pela falta de remédios na área da saúde, pela falência do transporte de alunos e pela merenda escolar insuficiente.

O ex-prefeito, ex- deputado, ex-senador e até ex-presidiário Amorim é aliado do governador Ivo Cassol, embora esteja momentaneamente sem partido. Sua filha tem o bem remunerado emprego de liquidante do Beron, um capítulo pouco conhecido da atual administração estadual.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias

23/11/2012 20:12:09 - SINDCONTAS ganha novo portal

Publicidade: