Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sex,   15/janeiro/2021     
política

Dizendo-se um “grande conquistador”, Ivo elogia Assembléia

1/8/2005 02:42:33
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Quem diria. O governador Ivo Cassol disparou elogios à Assembléia, como se não existisse mais crise institucional no Estado. 


 Na presença dos deputados que integram a “bancada mixuruca” (nome dado por Everton Leoni à bancada governista, composta por ele mesmo, Beto do Trento e Noedi Oliveira) o governador Ivo Cassol resolveu agradecer a Assembléia Legislativa por ter aprovado, na última sessão antes do recesso, as matérias de seu interesse, que possibilitaram o fechamento do “Pacote de Obras”, lançado no último dia 19.

Os deputados – acusados por Ivo de receberem um mensalinho de R$ 20 mil – mostraram-se satisfeitos com o reconhecimento de gratidão do governador aos demais membros da Assembléia, e até demonstraram ter esquecido das recentes manifestações de insatisfação com as denúncias do governador.

Na verdade Cassol lembrou das acusações e críticas feitas aos membros do Legislativo, quando ressaltou que “foi preciso” e por isso fez “críticas severas e independentes a órgãos e à classe política” que, de acordo com as denúncias tornadas públicas em rede nacional de TV, apontou os deputados da oposição como integrantes de um esquema que negociava propinas para aprovar matérias do interesse do governo, e os deputados da base de sustentação como “recebedores” do mensalinho.

GRANDE CONQUISTADOR

Mas, pelo menos para Ivo Cassol, as coisas estão mudando na Assembléia, pois “na última sessão realizada antes do recesso os parlamentares só deixaram de aprovar uma matéria” oriunda do Executivo.

E como este comportamento dos parlamentares não custou nada ao Executivo, o governador deixou claro que prevaleceu o bom senso, com os deputados tornando-se merecedores dos elogios do chefe do Executivo, que assim se manifestou:

— Quando é para aplaudir, eu sou um grande conquistador e sei parabenizar. Levem, portanto, para a Assembléia os nossos agradecimentos pela aprovação dos nossos projetos naquela última sessão.

E certamente Ivo deverá exercitar seus dons de “grande conquistador” para ver apoiado o único projeto de sua autoria que ficou pendente. O projeto permitirá ao governo, como disse Cassol, gastar cerca de R$ 2 milhões para comprar viaturas, equipando as polícias militar e civil. Segundo o chefe do Executivo serão compradas “umas 30 viaturas com esse dinheiro”.

Cassol não deu pistas da ofensiva a ser usada para manter os deputados predispostos a apoiar seus projetos daqui pra frente. Mesmo grato por não estar mais “engessado”, como se sentia, não deverá voltar a convidar os parlamentares para negociar em sua casa, ou em qualquer outro lugar onde possa gravá-los.

E livre, como se sente agora, o governador reafirmou seus agradecimentos a Assembléia, explicando: “Eu estava com os pés e as mãos atadas. Eu tinha dinheiro em conta mas não tinha como fazer nada e o Estado estava estagnado!”

-----------------------
LEIA TAMBÉM:
Governador garante que é feliz

Ivo ultrapassa a fase do Big Brother, lançando pacote de obras


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: