Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  dom,   5/julho/2020     
opinião

Cantinho do Menestrel, de Julio Yriarte: Mal necess√°rio

2/10/2005 15:31:10
Julio Yriarte
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 


 CONFID√äNCIAS

Quem entende? Com toda a minha experi√™ncia, estou perdido, pelo amor de Deus algu√©m me explique! Nesta insana busca de explica√ß√Ķes, j√° me apoiei em feras do quilate de: RUBENS COUTINHO, GESSY TABORDA, ALDRIN WILLY, SUED, BAHIA, MIGUEL AMARAL, PAULO QUEIR√ďS, PEDRO WANDERLEI, FERREIRINHA (o poeta), ADAIDES BASTISTA (DAD√Ā), ANTONIO SERPA DO AMARAL (Basinho), vai tamb√©m um pontinho para o Z√Č KATRAKA, que √© jornalista entre poucos, que escreve sobre Cultura, h√° que atribuir-lhe um papel ativo no imbr√≥glio, no m√≠nimo, para n√£o parecer injusto. Apesar da limita√ß√£o textual, √© o cara que tem ‚Äúcara e tempo‚ÄĚ pra falar a respeito das coisas que acontecem em Porto Velho. Sempre antenado, d√° suas pinceladas nas eventualidades culturais da city. Vale pelo seu investimento e informa√ß√£o jornal√≠stica!

Apesar de tudo, digo-lhe: Z√Č KATRAKA, a sua coluna √© necess√°ria para o Movimento Cultural, em particular para o Carnaval, Quadrilhas e Bois Bumbas.

CONFUSÃO E REVOLTA

A minha especula√ß√£o √© outra, posso viajar? J√° falei, estou meio perdido, e n√£o tenho nenhum argumento para dizer o contr√°rio, t√ī perdido mesmo! Est√£o acontecendo tantas coisas inexplic√°veis, e ao mesmo tempo explic√°veis, dependendo da √≥tica. Eu citei essas feras anteriores porque cada um, no seu texto e contexto, t√™m a sua compreens√£o, a sua avalia√ß√£o, sua premissa maior, premissa menor e a sua conclus√£o!

N√£o s√£o bestas, sabem o que pensam, sabem o que escrevem e as conseq√ľ√™ncias do seu texto s√£o percebidas, analisadas pelos homens que militam nas artes, na sociedade, na pol√≠cia e na pol√≠tica (principalmente), s√£o homens de uma grandeza inquestion√°vel, h√° que respeit√°-los!. Enquanto isso, h√° que voltar os olhos para outros perniciosos e dolosos elementos da cidade (este √© o nosso ponto) que est√£o a√≠, uns roubando, subtraindo, outros locupletados em esquemas, outros sem saber o que se passa na frente de suas submissas narinas e de seus omissos ouvidos.

OPINIÃO

Nenhum deles ser√° capaz de contribui com a evolu√ß√£o da sociedade. Fa√ßo refer√™ncia ao Z√Č GERALDO que diz leve e solto: ‚ÄúTanta coisa acontecendo, e eu aqui na pra√ßa dando milho aos pombos‚ÄĚ. Aqui √© a opini√£o do Poeta, do Cantautor. Notem que a frase foi escrita h√° mais de 20 anos, o que prova que neste tipo de preocupa√ß√£o, n√£o se fala de atualidade, fala-se que estas coisas ocorrem a qualquer tempo e em qualquer lugar.

INC√ďGNITOS

Mas no Brasil...e at√© em Rond√īnia, de um lado, o denuncismo, as senten√ßas antecipadas, a falta de provas condenat√≥rias, de outro, as maracutaias subterr√Ęneas, a passividade e a escancarada iliceidade, tomaram propor√ß√Ķes canibalescas, vergonhosas. Repudio com veem√™ncia os omissos, submissos, nocivos passivos, os L.A.R. Appius e outros insidiosos personagens que nos molham o corpo com o suor da vergonha. Estou do lado dos que participam, que interferem, que manifestam seu esp√≠rito na busca da transforma√ß√£o social, e fundamentalmente, dos que primam pela √©tica e n√£o se apropriam do alheio.

NA V√ČIA LOCAL

Infelizmente, grassa a desonestidade, a ilegalidade, a falta de virtudes! N√£o s√£o poucos, l√° e c√°, os que concentram esfor√ßos para garimpar vantagens em benef√≠cio pr√≥prio e em flagrante preju√≠zo da popula√ß√£o contribuinte. Na esfera local, pouca ou nenhuma movimenta√ß√£o se percebe com rela√ß√£o ao julgamento legal dos pecados cometidos pela grande massa de autoridades representativas do povo de Rond√īnia, execr√°veis pecados originados ali, no cora√ß√£o do templo legislativo. E a√≠?. Eh! N√£o d√° mesmo pra sentir orgulho!

NA V√ČIA NACIONAL

Na esfera nacional, ao menos, a justiça começa a assombrar ilustres figuras, materializa-se um efeito contrário, faço a minha aposta acreditando que de uma ou outra maneira, prevalecerá no país a ordem democrática, o respeito à sociedade e ao texto constitucional e seu universo jurídico.

√Č not√°vel e degradante ao mesmo tempo, assistir de camarote a perda de mandato de parlamentar, a supress√£o de liberdade de ex-governador, o desmascaramento de Presidente de congressistas, a renuncia pr√©via de Deputados, e outros epis√≥dios que certamente vir√£o √† tona. Parece que o pa√≠s est√° com disposi√ß√£o para promover a ‚Äúvarredura‚ÄĚ da sujeira acumulada embaixo do tapete.

Se assim for, será bom para o Brasil e para os brasileiros. Amém!

Um abraço.


Nenhum comentário sobre esta matéria