Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qua,   20/novembro/2019     
entrevista

TCU preparado para receber denúncias de falcatruas

16/4/2006 16:54:10
Por Edson Lustosa
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Em Porto Velho muitos gestores públicos respondem processos por atos de improbidade no manuseio do dinheiro público. Um deles é Carlos Camurça, o ex-prefeito. 


 No que depender da Secretaria de Controle Externo do Tribunal de Contas da União em Rondônia, o ano de 2006 promete ser ainda mais agitado do que comumente são os anos eleitorais. Sob a égide de promoção do “Diálogo com a Imprensa” – como é batizado o plano de trabalho especial empreendido pelo secretário Carlos Wellington de Almeida – o TCU vem divulgando junto aos jornalistas o funcionamento dos processos de apuração da aplicação do dinheiro público, ao mesmo em que, com a colaboração dos meios de comunicação, conclama a população a denunciar as falcatruas de que qualquer cidadão tiver conhecimento.

Para fazer denúncias junto ao TCU, o cidadão tem duas opções: encaminhar formalmente o ofício relatando os fatos Secretaria de Controle Externo do Tribunal de Contas da União em Rondônia, Rua Afonso Pena, 345 – Centro, CEP 78900-020, Porto Velho; ou ligar para 0800-6441500 e falar com a ouvidoria, que também pode ser contactada pela internet, no endereço www.tcu.gov.br, onde é disponibilizado um formulário eletrônico. Ninguém precisa ter medo de represálias, pois é mantido em absoluto sigilo o nome do denunciante.

Rondônia e Paraná são os dois estados cujas secretarias de controle externo TCU, em iniciativas pioneiras, abraçaram a causa da aproximação com a imprensa e a comunidade. Em Rondônia, essa determinação se explica pelo perfil profissional de Carlos Wellington, um mestre em ciência política pela Universidade de Brasília que concentrou sua produção científica nos estudos sobre a importância da interação do poder público com a imprensa para a promoção do bem-estar da coletividade.

“A missão do TCU é assegurar efetiva e regular gestão do dinheiro público em benefício da sociedade”, afirmou o secretário no encontro com jornalistas realizado no último dia 24, acrescentando que “a imprensa tem sido a principal parceira na consecução desse objetivo”.

(Publicado na edição nº 78, de 31/3 a 9 de abril de 2006)


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: