Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  seg,   6/abril/2020     
política

Deputado confessa ter 31 assessores e acha isso benéfico para a população

4/10/2007 08:17:00
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Imaginando ser o guardi√£o da dec√™ncia no Legislativo, o deputado Alex Testoni acha que √© moralmente sustent√°vel ter 31 assessores em seu gabinete, porque ‚Äúisso ajuda o povo‚ÄĚ rondoniense. 



Clique para ampliar
Rond√īnia vem convivendo nos √ļltimos anos com os efeitos dos piores momentos da degrada√ß√£o moral que atinge as institui√ß√Ķes p√ļblicas, notadamente no segmento pol√≠tico. Uma das institui√ß√Ķes mais afetadas diante de uma sociedade inerme e de uma elite doente, fraca e acovardada, que se cala, que se rende e se deixa acuar, foi o Poder Legislativo, onde estouraram esc√Ęndalos, com uma rotina intoler√°vel, mas tolerada, sobretudo no cerne do pr√≥prio parlamento, onde sempre prevalece o corporativismo.

V√°rios deputados passaram os √ļltimos dias expondo uma grande indigna√ß√£o diante de afirma√ß√Ķes do deputado Alex Testoni ao um programa radiof√īnico de entrevistas, dando conta da exist√™ncia na Casa do Povo de um grupo parlamentar que faz de tudo para sabotar um suposto programa de moraliza√ß√£o daquele poder.

Mas o deputado do PTN fez outras revela√ß√Ķes importantes na tal entrevista. Mas at√© agora elas n√£o motivaram qualquer pol√™mica na Casa e nem fora dela.

Uma dessas informa√ß√Ķes verbalizadas por Testoni d√° conta de que os atuais deputados t√™m al√©m dos R$ 18 mil de sal√°rio, uma verba de gabinete da ordem de R$ 47 mil para gastar na livre contrata√ß√£o de pessoal. √Č gra√ßas a essa montanha de dinheiro que o milion√°rio Alex Testoni tem, al√©m dos servidores do quadro fixo da Assembl√©ia Legislativa, 31 assessores distribu√≠dos entre o seu gabinete na Assembl√©ia e seu escrit√≥rio pol√≠tico em Ouro Preto do Oeste. Na entrevista, o parlamentar considerou que com esta pr√°tica completamente √©tica pois, como disse, ‚Äúquem ganha √© o povo‚ÄĚ.

DISTRIBUINDO DINHEIRO

Admitindo ser mesmo um homem muito rico, na tal entrevista o deputado afirma, com todas as letras, que n√£o fica com um centavo do dinheiro que recebe da Assembl√©ia. Para ele, pegar os milhares de reais e contratar um batalh√£o de assessores que, segundo disse, ‚Äúpresta servi√ßo √† popula√ß√£o‚ÄĚ √© um ato de grande valor √©tico, feito sem nenhum objetivo politiqueiro.

Mais do que colocar assessores pagos com o dinheiro da Assembl√©ia para auxiliar prefeituras na elabora√ß√£o de projetos de obras, ou dar sustenta√ß√£o √† C√Ęmaras Municipais em entidades civis diversas no desentrave burocr√°tico de processos administrativo, ou prestar servi√ßos diretos √† popula√ß√£o em √°reas como defensoria p√ļblica, o deputado usa o seu pr√≥prio sal√°rio para custear obras municipais, como o bloqueteamento de uma via p√ļblica em Vale do Jamari, onde p√Ķe at√© carretas de transporte para manter a obra andando, como contou na entrevista a Arimar S√°, acrescentando que se envolve diretamente, com seu dinheiro, at√© na reforma de col√©gios e recupera√ß√£o de estradas.

A ‚Äúbondade‚ÄĚ de Testoni para com os eleitores de sua regi√£o √© imensa. O parlamentar disse que doou neste ano 402 lotes de terrenos urbanos em Ouro Preto para fazer um grande Conjunto Habitacional numa √°rea nobre. N√£o explicou como seleciona os eleitores agraciados e nem se exige dos premiados algum tipo de fidelidade especial.

Testoni.

Essa ‚Äúbondade‚ÄĚ de Testoni n√£o √© pr√°xis de seus colegas, como ele mesmo reconheceu: nem todos t√™m ‚Äúcondi√ß√£o financeira muito elevada‚ÄĚ que permita distribuir a verba de gabinete que recebem da Assembl√©ia para custear um sistema assistencial igual ao praticado por ele.

Talvez seja por isto que o pr√≥prio Testoni disse, na entrevista, que ‚Äún√£o vai roubar nenhum centavo da Assembl√©ia‚ÄĚ destacando em seguida: ‚ÄúN√£o sabia que a roubalheira na Assembl√©ia era tanta e nem sabia que iria sofrer uma press√£o t√£o grande‚ÄĚ pela sua a√ß√£o em favor da moraliza√ß√£o daquele Poder.

VAI CONTINUAR

Ao confirmar, na entrevista a Arimar, que vive momentos de tristeza ao entrar numa Assembl√©ia onde √© um homem odiado por parte de seus pares, Testoni garantiu que n√£o vai recuar diante do compl√ī que tenta barrar sua cruzada pela moraliza√ß√£o. Garantiu que vai continuar denunciando que se comportam de maneira indecorosa, repelindo sempre as provoca√ß√Ķes que buscam fabricar contra ele uma imagem de um tiranete de uma rep√ļblica de bananas.

O deputado de Ouro Preto do Oeste, mesmo com tanta determina√ß√£o, recuou de sua promessa de divulgar o nome dos envolvidos na √ļltima roubalheira, como assim o considerou, da legislatura que, sempre segundo as declara√ß√Ķes do deputado ao programa de Arimar S√°, na √ļltima semana de janeiro deste ano consumiram 16 milh√Ķes e 200 mil reais dos cofres do legislativo estadual.

LEIA TAMB√ČM:

Entrevista de Testoni mostra que esgoto político ainda não acabou


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: