Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qua,   22/janeiro/2020     
reportagem

Artista rondoniense brilha na Espanha

25/12/2007 18:41:29
Por Edson Lustosa
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



De Ariquemes para o mundo. 



Clique para ampliar
As diferenças entre Valência, na Espanha, e Ariquemes não são poucas. Mas já não se pode dizer que as duas cidades nada tenham a ver uma com a outra. Há algo a aproximá-las: a classificação do desenhista rondoniense Fernando Caetano para a 2ª Mostra de Humor Gráfico, realizada pela União de Jornalistas Valencianos em cooperação com a FECO-Espanha, respeitada associação de desenhistas de humor europeus, criada em 1992, que promove a divulgação de cartuns e tiras em toda a Europa.

A exposição oferece as visões de cartunistas de 40 países sobre as mudanças climáticas, a ecologia, a proteção da natureza e a defesa do meio ambiente. “Com muitas doses de humor, nos fazem ver que realmente a situação do meio ambiente em qualquer parte do mundo está na UTI e o planeta necessita de cuidados intensivos que estão ao alcance de todos nós”, comenta a imprensa espanhola sobre o evento.

Nascido e criado em Ariquemes, Fernando Caetano se mostra uma das revelações mais promissoras da imprensa e da arte visual rondonienses. Cursa jornalismo na controvertida FARO e também letras na distanciada Unir. Não apenas o senso crítico apurado e o humor refinado compõem seu perfil, mas principalmente a determinação em eleger sua linha de atuação e o comedimento na auto-avaliação: “Mandei essa tirinha por mandar, nem pensei que iam aproveitar”.

Desde os 13 anos fez opção pelo desenho: cartum, charge, quadrinhos e principalmente desenho animado, muito desenho animado. A despeito de alguns, que não vêem lá muito futuro nessa coisa de Walt Disney dos trópicos. Mas, de forma inteligente e cortês, transmuta essa energia em garra para seguir em frente. A inclusão de seu trabalho no catálogo da FECO-Espanha é um resultado disso.

Recentemente, na oficina de animação realizada em Porto Velho pelo estúdio carioca Anima Mundi, por ocasião do Festival Cine Amazônia, seu talento surpreendeu os instrutores. Daí já entrou na sua pauta para 2008 fazer cursos e estágios fora do Estado com gente que atuou na Disney, o que deve lhe render aberturas de portas pelo mundo. Para conferir o vaticínio, convém anotar o pseudônimo do prodígio: Fantashik. “Uma alusão ao clássico Fantasia, de Walt Disney”, ele explica.


Comentários (1)
..

haha, Além de professor de inglês e repórter, é DESENHISTA ! Muito bom... Ele é bom em tudo que faz... Parabéns professor... Sucesso.

Isabelle Mantovani - Porto Velho/ RO.
Enviado em: 13/6/2011 17:52:58  [IP: 200.101.66.***]
Responda a este comentário

Mais Notícias
Publicidade: