Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qui,   2/julho/2020     
cidades

Aliado do prefeito reconhece que saúde do município é calamitosa

19/6/2008 02:07:07
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Notório defensor de Roberto Sobrinho, o vereador Alan Queiroz surpreendeu ontem o plenário da Câmara reconhecendo que a administração do PT fracassou na gestão da saúde pública. 


 Nem parecia o vereador Alan Queiroz, notório aliado do prefeito Roberto Sobrinho, a ocupar na tarde de ontem a tribuna da Câmara Municipal. Ao contrário de seus costumeiros elogios à administração petista da capital rondoniense, o vereador Queiroz deixou explícita a sua indignação com “a situação calamitosa” da saúde pública municipal, após verificar in-loco a situação de desprezo enfrentado por moradores da periferia que precisam buscar socorro nas unidades municipais de saúde.

O vereador falou de uma visita ao bairro Teixeirão, quando tomou conhecimento da realidade do setor de saúde no município, “uma realidade vergonhosa”.

FALTA TUDO

Na Câmara Municipal, denúncias contra o setor de saúde eram um privilégio dos vereadores Mário Jorge e Kruger Darwich, por isso o discurso de Alan nos molde de um vereador combativo acabou surpreendendo.

Para ilustrar como é o descaso da administração de Roberto Sobrinho neste segmento, o vereador explicou a situação de desprezo a que estão sujeitas as pessoas do bairro Teixeirão que buscam atendimento médico, especialmente no Posto de Saúde Ernandes Índio: “Quem quer ser atendido tem de levar luvas cirúrgicas e até fios de sutura quando, por exemplo, precisam extrair um dente, senão não é atendido. Um absurdo!”, disse Alan indignado.

Mas antes do vereador tomar essa posição de coragem, outros colegas de parlamento já garantiam que na maioria das unidades de saúde do município falta tudo: de remédios a equipamentos, e também de leitos para atendimentos ambulatoriais.

Em seu desabafo de ontem o vereador Alan Queiroz lembrou das promessas de campanha feitas por Roberto Sobrinho, agora candidato à reeleição: “Prometeu-se demais e praticamente nada daquilo foi feito!”.

APODRECIDAS

Reconhecendo que o caos se instalou na saúde pública municipal, o vereador destacou também o que anda acontecendo com o SAMU. “Neste programa o que temos hoje são ambulâncias apodrecidas, sem qualquer condição de dar um atendimento digno à população”, destacou.

O vereador disse que os profissionais do setor também não são reconhecidos. E ai o vereador – até agora um aliado incondicional do prefeito – acabou fazendo uma séria denúncia.

“Aprovamos aqui na Câmara Municipal gratificações para o pessoal do SAMU e eles não estão recebendo nada. Então é preciso alguém dizer para onde está indo o dinheiro”, sublinhou Alan, para terminar reconhecendo que “a gravidade do setor de saúde” é conseqüência da inoperância com que foi marcada desde o início da gestão do prefeito petista.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: