Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qui,   9/julho/2020     
reportagem

Adição obrigatória de biodíesel vai gerar renda na agricultura familiar

19/6/2008 02:10:55
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Segundo o coordenador do Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB) pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Arnoldo de Campos, a economia em 2008 com a diminuição das importações de diesel é estimada em US$ 600 milhões. 


 O óleo diesel comercializado no Brasil passará a conter obrigatoriamente, a partir de 1º de julho, 3% de biodiesel, mistura chamada B3. Combustível renovável produzido por meio de óleos vegetais, o biodiesel é menos poluente que o diesel tradicional. Sua produção também traz vantagens econômicas, como a redução das importações do diesel e a geração de renda na indústria e no campo, por meio do cultivo de matérias-primas.

Segundo o coordenador do Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB) pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Arnoldo de Campos, a economia em 2008 com a diminuição das importações de diesel é estimada em US$ 600 milhões. “Essa renda, que iria para o exterior, acabará nos pequenos e médios municípios onde a atividade agrícola e as indústrias de biodiesel estão ajudando a dinamizar as economias locais, levando desenvolvimento com distribuição de renda e justiça social.”

Além de beneficiar o trabalhador rural, o B3 também coloca o Brasil como uma das potências mundiais em energia renovável. Segundo Campos, com essa nova adição, o consumo de biodiesel – que foi de pouco mais de 400 milhões de litros em 2007 – deverá ultrapassar pela primeira vez a barreira de 1 bilhão de litros. Ser um dos países com a matriz energética mais diversificada do planeta é vantajoso para o Brasil. “Estamos assistindo a elevação diária dos preços do petróleo. Para os países que dependem excessivamente dessa fonte, isso significa inflação, aumento de custo dos insumos, do transporte”, explica o coordenador.

A obrigatoriedade de mistura de biodiesel ao óleo diesel foi estabelecida pela Lei nº 11.097/2005 como parte do PNPB. O governo federal tem como meta implantar o biodiesel no Brasil gradativamente, de forma sustentável, promovendo inclusão social e com garantia de preços competitivos. A expectativa é que, até 2013, o percentual de mistura de biodiesel chegue a 5% (B5), prazo que pode ser antecipado para 2010. Com o B5, a economia com a diminuição da importação de diesel deve superar US$ 1 bilhão. O PNPB foi organizado em etapas para que o governo, os agricultores e as indústrias pudessem se organizar e planejar a expansão e consolidação do biodiesel no Brasil. Atualmente, o percentual de mistura obrigatória é de 2%.


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: