Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  seg,   16/setembro/2019     
cidades

Unir: campus de Guajará passa por dificuldades

2/9/2008 10:48:31
Por Aldrin Willy
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



O campus em Guajará-Mirim da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) sofre com estrutura precária e falta de professores. 


 Os alunos do curso de Administração aprovados no último vestibular da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) estão perplexos com o cenário de dificuldade que encontraram assim que assumiram suas vagas no curso ministrado em Guajará-Mirim, cidade a 330 km da capital Porto Velho.

O estudante Emerson de Araújo Alves, de 22 anos, diz que faltam professores para disciplinas elementares do curso. Segundo ele, a Unir não providencia docentes necessários para as cadeiras do curso de Administração.

O campus de Guajará-Mirim, além de Administração, conta com os cursos de Letras Português e Pedagogia. Não é de hoje que o campus da Unir em Guajará-Mirim passa por problemas. Há vários anos, a prefeitura daquele município celebrou convênio para ajudar a manter o campus da universidade funcionando.

Atualmente, o governo do estado também repassa recursos para ajudar a manter a estrutura da universidade. Mesmo assim, a situação do campus é dramática. Segundo Emerson, até um professor da rede secundária de ensino do estado precisa dar aulas no campus, sob pena de os alunos ficarem completamente sem aulas.

Apesar dos problemas que permanecem sem solução, a Unir planeja até 2010 abrir um novo curso no campus de Guajará-Mirim. O curso de Gestão Ambiental faz parte do programa de expansão universitária assinado pela Unir junto ao Ministério da Educação (MEC) no plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REUNI).


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: