Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  dom,   12/julho/2020     
política

Irregularidades levam Justiça Eleitoral a suspender cotas do Fundo Partidário do PT-RO por um ano

2/9/2008 12:00:12
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 


 O Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia republicou nesta terça-feira (02.09) o acórdão 249, rejeitando a prestação de contas do Partido dos Trabalhadores em Rondônia, exercício financeiro 2006. Segundo a relatora do processo, juíza Carmem Elisângela
O Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia republicou nesta terça-feira (02.09) o acórdão 249, rejeitando a prestação de contas do Partido dos Trabalhadores em Rondônia, exercício financeiro 2006.

Segundo a relatora do processo, juíza Carmem Elisângela Dias, o Tribunal de Contas constatou várias irregularidades apresentadas pela direção estadual do partido relativo às contas da eleição de 2006.

Dentre as irregularidades está a não comprovação de gastos, através da apresentação de recibo ou nota fiscal. Segundo o acórdão, alguns dos recibos apresentados “são emitentes que ou não possuem inscrição na Receita Federal ou apresentam erro no CPF”.

A juíza, após a rejeição das contas, abriu vista ao Ministério Público Eleitoral para tomada das providências cabíveis e determinou a comunicação da decisão ao Diretório Nacional do PT para suspensão da Cota do Fundo Partidário ao Diretório do Partido, pelo prazo de01 (um) ano.

Fonte: Site Rondonia ao Vivo


Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: