Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sex,   23/agosto/2019     
entrevista

Uso excessivo de celular pode dar lesão no cotovelo

26/6/2009 15:21:11
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 


 

Apesar de facilitar a vida cotidiana, o celular traz prejuízos que muitas vezes são esquecidos. O mais novo, de acordo com cientistas, é uma espécie de lesão causada no cotovelo por excesso de uso do aparelho.

Chamado de "cellbow" (uma mistura das palavras em inglês celular e cotovelo) pelo site Switched, seu nome verdadeiro é Síndrome do Túnel Cubital e tem sintomas parecidos com os da LER (Lesão por Esforço Repetitivo) como dores e dormência no braço e nas mãos, além da sensação de picadas no local, causada pela compressão do nervo ulnar.

O problema atinge pessoas que utilizam muito tempo o telefone celular e na hora da conversa mantêm o braço flexionado em mais de 90º por um período superior a 10 minutos, diminuindo o fluxo sanguíneo graças ao inchaço e aperto do nervo, uma vez que é uma posição não natural do ser humano. Atrofia muscular e perda da mobilidade e coordenação estão entre os sintomas a longo prazo.

A extensão repetitiva e prolongada do nervo é como pisar em uma mangueira de jardim. Na mangueira, você está bloqueando o fluxo da água. No cotovelo, você está bloqueando o fluxo de sangue ao nervo, provocando sua falha, um curto circuito", disse o doutor Peter J. Evans, diretor do Centro Clínico de Mãos e Extremidades superiores de Cleveland ao site HealthDay.

A lesão atinge principalmente usuários muito adeptos da tecnologia, que utilizam em demasia celulares, computadores e outros gadgets. Se não tratada, a Síndrome pode levar à cirurgia. Mas a enfermidade pode ter seus sintomas diminuídos a partir de mudanças de comportamento e exercícios direcionados, dizem os médicos.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: