Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sáb,   5/dezembro/2020     
cidades

Movimento em defesa do SUS vai acontecer sexta em Porto Velho

15/7/2009 13:24:06
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 


 

A prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Saúde, fará parte do lançamento da “Caravana em Defesa do SUS” na região norte, que será realizado na próxima sexta-feira (17), no Ginásio Cláudio Coutinho a partir das 09h:00. O evento é uma realização do Conselho Nacional de Saúde e da comissão organizadora da 1ª Conferência Mundial de Desenvolvimento dos Sistemas Universais de Saúde e Seguridade Social. O objetivo é promover debates em torno da conjuntura atual na saúde, considerando a crise e as dificuldades no aumento de investimentos públicos e de serviços, respeitando realidades específicas e necessidades de cada Estado.

Logo após o lançamento, será apresentado o primeiro painel, ”Avanços  e Desafios do SUS”. Os moderadores serão membros representantes do Conselho Nacional de Saúde (CONASS) e do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (CONASEMS).

Na parte da tarde, a partir das 14h00, o tema do painel será “SUS Como Patrimônio da Humanidade” apresentado por representantes dos usuários e do Ministério da Saúde. Neste contexto serão abordados os avanços e os desafios do SUS no estado, apresentado pelas secretarias estadual e municipal de Saúde. 

Movimento chega ao Norte

A Caravana em Defesa do SUS foi lançada em Brasília (DF), em março, pela Câmara dos Deputados com a presença do Ministro da Saúde, José Gomes Temporão, já percorreu várias regiões do país e agora chega a região norte trazendo como tema central, a “Defesa do SUS Como Patrimônio Social e Cultural da Humanidade”, bem como a Gestão do Trabalho, Modelo de Atenção, Financiamento, Controle Social, Intersetorialidade, Complexo Produtivo da Saúde e Humanização no SUS.

Na oportunidade o ministro lembrou que “o SUS atende 100% da população, mas é preciso ir além do que fomos até agora e para isso temos que ouvir a população, mobilizando a sociedade porque ainda precisamos avançar mais, na medida em que o SUS bate de frente com interesses hegemônicos e muito poderosos” alertou.

Segundo o secretário municipal de saúde, Williames Pimentel, “a caravana não vai apenas explicar à população o sentido do SUS como patrimônio de todos, mas vai fazer a defesa da mais importante política pública do país e nós enquanto gestores da Semusa vamos estar demonstrando a contribuição de Porto Velho no funcionamento do Sistema Único de Saúde”, finalizou. 




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias

23/11/2012 20:12:09 - SINDCONTAS ganha novo portal

Publicidade: