Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qui,   9/julho/2020     
política

Ribamar compara petistas a bandidos do Urso Branco

13/8/2009 16:40:03
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



O deputado garante que está sendo perseguido por gente do PT porque tem admiração pelo governador Ivo Cassol. 



Clique para ampliar

O deputado estadual Ribamar Araújo-PT, em entrevista ao Programa A Voz do Povo, da Cultura FM – 107,9, ao meio dia desta quarta feira, 12/08, criticou de forma veemente parte da cúpula petista. “Quando fui para o PT achava que essa gente se afinava com caráter, moralidade e honestidade. Mas dentro, vejo que parte dela pode ser comparada a gente que habita o Urso Branco”, esbravejou.

Araújo disse ao jornalista e advogado Arimar Souza de Sá, apresentador do Programa, estar sendo perseguido por parte da diretoria petista. “Veja bem, essa gente queria me forçar a fazer críticas ao governador Ivo Cassol de forma irresponsável, porque tem um outro projeto de governo. Não sou desonesto, não vou mudar meu modo de ser para agradar ninguém. Cumpro meu mandato na Assembléia, de acordo com minhas convicções. Admiro o governador e gostaria de conversar com ele sobre alguns projetos, mas não faço isso para não dar munição a uma parte do partido”, entregou.

Para o parlamentar petista, homem tem que ter palavra, seja na vida pública ou privada, além de caráter e honestidade com quem o elegeu. Sob o pensar de Ribamar Araújo, alguns petistas pregam uma coisa e fazem outra. "Não farei nada contra os meus princípios para agradar ninguém", assegurou.

Ele disse ainda, que mudou algumas vezes de partido porque estava procurado um lugar onde não houvesse tantos bandidos nem tanta "gente sem vergonha", mas depois verificou que existem muitas falhas dentro do PT. "O bom petista, na visão de alguns, é o que esconde a sujeira embaixo do tapete. Querem criticar tudo e todos, e não o que está no PT. Eu não me presto para isso, se não querem saber a verdade, não me perguntem. E lá não existe isso. Já me falaram que vão me triturar, que trituram quem não reza pela cartilha do partido, mas não aceito deixar de falar a verdade", acrescentou.

 

O PT SE ALIA A BANDIDOS

Conforme Ribamar, dentro dos quadros petistas há militantes que se assemelham aos inquilinos do presídio Urso Branco. “Eu já disse em outras oportunidades, isso que estou dizendo. É ruim conviver com gente desse porte e acabo sendo obrigado, por força de ofício, mas não sigo nunca o que querem que eu faça. Um partido que denunciava bandido mas que agora se alia a bandido, isso tanto em nível nacional quanto local. Já critiquei, já aconselhei que o cidadão não deixasse determinada pessoa participar da administração, mas o cidadão deixou o bandido entrar. Acredito que o partido também não gosta dessas atitudes, mas o pecado é que o partido não se pronuncia”, sentenciou.

Ainda de acordo com Ribamar Araújo, a cidade de Porto Velho melhorou sensivelmente nessa administração, mas podia estar melhor. “Destaco uma série de mudanças em relação à administração passada, mas criticou: creio que com o dinheiro que tem hoje essa prefeitura, essa cidade deveria estar bem melhor. Falta compromisso dessa gente com o povo”, asseverou.

Ele deixou claro, no entanto, que a base o PT é formada por gente honesta, e que boa parte da administração do partido é composta por pessoas sérias. "Meu candidado ao governo do Estado é o deputado federal Eduardo Valverde (PT) e apóia a pré-candidata à Presidência da República, ministra Dilma Roussef", destacou.

Ribamar também não considerou errado que Dilma se aproximasse do governador Ivo Cassol (PP). "Ela é inteligente, e se agiu assim foi porque viu méritos no governador", acrescentou.

(originalmente publicado em www.rondonoticias.com.br)




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: