Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qui,   9/julho/2020     
política

No país de Sarney nada é absurdo

8/9/2009 00:18:44
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Eles trocam favores entre si, nomeando gente do grupo para cargos de alta remuneração. 



Clique para ampliar

A governadora Roseana Sarney (PMDB) nomeou na sexta-feira passada, 4, a filha do senador Epitácio Cafeteira (PTB), Janaina Cafeteira Afonso Pereira, como gestora de programas especiais da Casa Civil. A nomeação foi a forma encontrada para agradecer o apoio que Cafeteira empresta a Sarney no Senado.

Filha única do senador, Janaina terá direito a um salário que varia entre 6 e 7 mil reais de acordo com a gratificação que irá receber. No mesmo Diário Oficial desta sexta, dia 4, ainda traz a nomeação de Janaina como membro do Conselho de Gestão Estratégica das Políticas Públicas, como representante da sociedade civil. Isso mesmo. Roseana nomeia um agente de seu governo como representante da sociedade civil. Isso é que é uma gestão participativa!

A troca de favores entre a família Sarney e Cafeteira não é de hoje. No dia 10 de junho, Cafeteira revelou que a nomeação em seu gabinete de Fernando Michels Gonçalves Sarney, neto de Sarney, foi uma troca de favores com Fernando Sarney, pai do jovem de 22 anos, que recebia mais de 7 mil reais por mês de salário no Senado. Desta vez é a sua filha que vai receber 7 mil reais por mês.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: