Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qui,   16/julho/2020     
reportagem

Sipam: Temperatura bate recorde, mas deve baixar na sexta

11/9/2009 07:58:11
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar

As altas temperaturas sentidas pelos rondonienses desde o fim-de-semana prolongado estão batendo o recorde do ano. Segundo a meteorologia do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam), em todo o estado esses primeiros dias de setembro foram os mais quentes de 2009. Guajará-Mirim registrou a maior temperatura, de 38°C, já na capital, a temperatura mais alta do ano foi registrada no domingo (6) e repetida nesta quarta-feira (9), quando os termômetros marcaram 36.9°C. Até cidades tradicionalmente mais frescas, como Vilhena, têm sofrido com temperaturas que chegaram a 35.7°C. Ariquemes e Cacoal registraram, respectivamente, 36.8°C e 37.7°C. Embora normal para o período, o calor incomoda e faz a população recorrer ao ar condicionado e à maior ingestão de líquidos.

 

Mas, a partir dessa quinta-feira, frente fria que vem do sul do país deve amenizar o calor em Vilhena e no Vale do Guaporé. Já na região central do estado e em Porto Velho, os termômetros só registrarão queda a partir de sexta. O fenômeno trará chuva e reduzirá de cinco a nove graus as temperaturas máximas no estado, de quinta para sexta. “Na quinta não fará frio, mas sim menos calor. O frio mesmo virá só depois de sexta-feira e que durará até sábado”, adianta o meteorologista Luiz Alves.

 

A previsão é de mínimas de 17°C em Porto Velho, 16°C em Ji-Paraná, 15°C em Guajará-Mirim e 14°C em Vilhena. No domingo, os termômetros já voltam a subir.

FONTE: Assessoria/SIPAM




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: