Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  dom,   25/outubro/2020     
reportagem

Pesquisa de empresa de recursos humanos, indica áreas com maiores aumentos salariais

3/10/2009 20:18:20
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Análise comparou informações de junho de 2008 com junho de 2009, e mostra principais áreas e profissões mais beneficiadas neste período. 


 

Ao comparar as edições da Pesquisa Salarial e de Benefícios da Catho Online de junho de 2008 com junho de 2009, algumas áreas específicas se destacaram com aumentos salariais de até 12%, como Engenharia de Minas e Edição de Fotografia. Sua última edição, atualizada em junho de 2009, pode ser considerada o maior banco de cargos e salários do Brasil, com 177 mil respondentes de mais de 21 mil empresas em 3.827 cidades de todo país.

Para o diretor da Catho Online, Marco Antonio Soraggi, esses números revelam as profissões que tiveram os maiores aumentos salariais. "O resultado mostra áreas que estão em crescimento no Brasil, como Engenharia, Agronegócios e Informática, e que ainda são carentes de novos profissionais."


Sobre a Pesquisa Salarial e de Benefícios

A Pesquisa Salarial da Catho Online é um produto que auxilia há mais de nove anos empresas na administração de sua tabela salarial, benefícios e remuneração variável, e ajuda pessoas que estão em busca dessas informações.

Nesta pesquisa, o profissional responde um formulário eletrônico contendo questões relacionadas ao seu cargo, região onde trabalha, faturamento da empresa, sexo, idade, escolaridade, idiomas, entre outras. Após a tabulação, os respondentes recebem gratuitamente um relatório individual que situa sua remuneração dentro do universo pesquisado para o cargo.

Estas informações são atualizadas a cada quatro meses, e traz dados salariais e de benefícios de mais de 1.600 cargos, 201 áreas específicas e 48 ramos de atividade econômica, de 21 regiões geográficas em todo o Brasil. Além disso, para garantir resultados compatíveis com as características de cada empresa, é possível segmentar a pesquisa de acordo com a região desejada, faturamento e ramo de atividade econômica. Outra curiosidade é que a pesquisa é desenvolvida com uma metodologia exclusiva: é a única pesquisa salarial respondida pelos empregados e não pelos empregadores.

FONTE: Catho Online




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: