Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  ter,   18/janeiro/2022     
política

O deputado médico que tucanou também condena construção da nova Assembléia: “É uma vergonha!”

23/11/2009 16:43:50
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Ele prometeu mobilizar toda a sociedade estadual para repudiar a iniciativa de Neodi Carlos, o presidente da ALE. 



Clique para ampliar

O deputado estadual Doutor Alexandre Brito (PSDB) disse que a partir de agora vai começar uma campanha em todo estado, principalmente em Porto Velho, mobilizando toda a sociedade para repudiar a tentativa de construção de um novo prédio para Assembléia Legislativa de Rondônia.

O primeido deputado que tornou pública sua posição contrária à construção da nova sede da Assembléia que, em sua opinião deverá torrar mais de 100 milhões de reais para ficar completamente pronta foi Silvernani Santos, que assumiu o mandato com a cassação do comerciante cacaolanse Tucura, pela Justiça.

Silvernani lembrou que não existe “dinheiro da Assembléia e dinheiro do governo do Estado”, pois todas as instituições estaduais são mantidas por um caixa único, que retira dinheiro dos bolsos dos cidadãos, através dos impostos, taxa e contribuições. E para Silvernani, num estado com imensas carências como é o caso de Rondônia, a construção de uma nova Assembléia é pura irresposnabilidade de políticos que pouco se lixam para as demandas verdadeiras da população.

Já o deputado Alexandre, que também pretende mostrar ao povo quem é que patrocina essa “barbaridade”, lembrou que a ordem de serviço para a construção do novo prédio da Assembléia Legislativa foi assinada esta semana, e vai envolver uma cifra astronômica: R$ 43.000.000,00 (quarenta e três milhões de reais), podendo no decorrer dos serviços passar por aditamentos e aumentar consideravelmente o custo do investimento, “ somos todos sabedores que uma obra é orçada em um valor e no final no mínimo dobra”.

“O atual prédio, segundo ele, ainda atende as necessidades organizacionais e administrativas por mais vinte anos, sem a necessidade de reformas ou adaptações. População ligue, mande email, procurem seus deputados para fazermos uma corrente contra a construção desse prédio e sim construir um hospital para Porto Velho”.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: