Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qua,   30/setembro/2020     
cidades

ARROCHO: Prefeito mantém servidores sem reajuste há 3 anos, revela vereadora Elis Regina

3/5/2010 15:29:40
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



A vereadora, que é presidente do Sindeprof, exige tratamento de respeito aos servidores, com a definição do PCCS. 



Clique para ampliar
Uma das vozes mais combativa no plenário da Câmara Municipal, a ausência da vereadora Elis Regina nas sessões da Câmara Municipal no final desse mês de abril foi notada e justificada pelos seus colegas. A vereadora que também é sindicalista (ela preside o sindicato dos servidores municipais), ficou totalmente envolvida na cobrança do Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCS) prometido pela administração do petista Roberto Sobrinho e sempre postergado por sua gestão.

Elis Regina liderou as manifestações de servidores municipais em frente ao gabinete do prefeito e também na Secretaria Municipal de Planejamento, na tentativa de buscar uma solução negociada para “melhorar a situação” dos empregados da prefeitura e o compromisso do envio do PCCS à Câmara Municipal com rapidez.

Na Câmara a vereador Elis Regina integra a bancada do PCdoB.

De acordo com ela os funcionários do município estão passando por uma situação constrangedora, pois os salários permanecem sem reajuste há mais de três anos.


ABAIXO DO SALÁRIO

Ao sair de uma reunião com o Secretário Municipal do Planejamento, com quem foi discutir detalhes do PCCS, a vereadora voltou a ressaltar afirmações feitas em várias oportunidades na tribuna da Câmara:

— Isso deveria ser uma vergonha para administração do PT. Tem muitos funcionários do município recebendo abaixo do salário mínimo! Nesse momento em que estamos mobilizando a categoria para romper com essa indignidade estamos reivindicando muito pouco em relação ao que a prefeitura pode e deve fazer pelos seus trabalhadores.

De acordo com servidores participantes do movimento liderado pela presidente do Sindeprof, o prefeito Roberto Sobrinho vem se mantendo intransigente e se recusando a negociar com a categoria.

“Estamos tentando garantir nossa aposentadoria, e melhorar pelo menos um pouco a nossa qualidade de vida, uma administração não é só medida pelo numero de obras, mas sim pela forma como trata seus funcionários que trabalham para a comunidade”, afirmou um dos manifestantes.

Publicado na edição nº 129, de 29/4 a 30/5/2010.



Comentários (1)
pccs

Onde anda nossos vereadores que não ver esta maldade com servidores municipais. Logo logo vamos ter eleição para dep e em tempo mais para vereadores ok

cristina - porto velho/ RO.
Enviado em: 4/5/2010 23:45:32  [IP: 189.31.7.***]
Responda a este comentário

Mais Notícias
Publicidade: