Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qui,   24/setembro/2020     
cidades

SINTERO desacreditado perante seus filiados tenta investir em uma nova greve: agora na Capital

10/5/2010 17:28:26
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Haverá outra reunião ainda este mês no próximo dia 17, às 8h, a Assembléia poderá definir uma nova greve da categoria, agora focando a valorização do servidor na Capital do Estado de Rondônia, caso a Prefeitura não apresente uma contraproposta.  



Clique para ampliar
Os Trabalhadores em Educação, reunidos em Assembléia Geral convocada pelo SINTERO (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Rondônia), decidiram manifestar-se em forma de mobilização visando o atendimento de reivindicações apresentadas por pauta à Prefeitura da Capital.

Haverá outra reunião ainda este mês no próximo dia 17, às 8h, a Assembléia poderá definir uma nova greve da categoria, agora focando a valorização do servidor na Capital do Estado de Rondônia, caso a Prefeitura não apresente uma contraproposta.

Através de ofício, a Direção do Sintero já comunicou a Prefeitura à decisão unânime em Assembléia Geral.

Os trabalhadores em educação reivindicam, entre outros itens, reposição salarial de 34,41%; implantação da carga horária de professor, de 20 e 25 horas para 30 horas; enquadramento dos trabalhadores em educação no Plano de Carreira; destinação de verba específica para pagamento dos qüinqüênios; e auxílio faculdade para os profissionais que fazem cursos de graduação na rede privada.

DESCRÉDITO DOS SINDICALIZADOS

O sindicato, presidido por Claudir Mata – pré-candidata a deputada estadual (PT) –, não consegue estabelecer contato direto com o Prefeito da Capital, que é do seu próprio partido, lembrando que Sobrinho é ex-presidente do Sindicato, e mais do que ninguém, deve conhecer seus anseios.

A diretoria do Sintero foi muito criticada por professores e demais trabalhadores em educação, na Assembléia Geral da última quinta-feira (06). Eles deram indicativos de que a Diretoria do Sindicato é conivente com as ações da Prefeitura, uma vez que seus membros fazem parte do Partido dos Trabalhadores, sigla do atual prefeito de Porto Velho, Roberto Sobrinho.

O Sintero está desacreditado perante os trabalhadores em educação, uma vez que, não sabendo negociar e agindo de maneira política na greve do Estado, sem pensar nos trabalhadores filiados, cederam às pressões e aceitaram, sem consultar aos demais integrantes do Sindicato, o fim da greve.

FONTE: O Observador



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias

23/11/2012 20:12:09 - SINDCONTAS ganha novo portal

Publicidade: