Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sáb,   20/julho/2019     
política

Adelino espera transparência do prefeito da capital

11/05/2011 11:43
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Deputado com base eleitoral na região de Ariquemes, ex-prefeito de Cacaulândia, Adelino Follador (DEM) desconfia de mau uso do dinheiro oriundo das multas de trânsito. 



Clique para ampliar
Em seu primeiro mandato como deputado estadual, Adelino Follador é um nome respeitado na região de Ariquemes porque foi um administrador destacado, ora como prefeito de Cacaulândia, ora como secretário municipal em Ariquemes, comandando pastas importantes como a Agricultura.

Vivendo de perto a realidade de Porto Velho, o deputado tem focalizado problemas da capital em seus discursos na tribuna da Assembléia Legislativa. Esse foi o caso do trânsito da cidade. O deputado confessou sua preocupação com o descaso das autoridades municipais “diante de tamanho descalabro”.

MAIS VIOLENTO

Adelino Follador lembrou que o trânsito de Porto Velho é apontado por especialistas como um dos mais violentos do país em proporção ao número de veículos licenciados pelo Detran. Essa realidade, disse, “parece não chamar a atenção do prefeito da capital”, Roberto Sobrinho, “pois ninguém vê nenhuma ação preventiva” para amenizar os efeitos dessa catástrofe. E para ilustrar bem sua opinião, Adelino Follador destacou “a falta de sinalização” de Porto Velho e de ações educativas voltada para os usuários do trânsito, como uma prova de que a administração municipal não vem cuidando com responsabilidade dessas questões.

O deputado lembrou que o município certamente recebe uma fortuna de dinheiro das “multas aplicadas” no trânsito e “a gente não sente, não vê nada que possa comprovar a aplicação desse dinheiro na melhoria do trânsito da cidade”.

PROPAGANDA

Outro aspecto da administração municipal comandada por Roberto Sobrinho que mereceu uma observação crítica do deputado a região de Ariquemes foi “o exagero na publicidade”. Como pode, perguntou o parlamentar, “um prefeito fazer um carnaval, gastar mais dinheiro em publicidade do que certamente gastou na obra de um pequeno trecho de rua asfaltado”.

O parlamentar também considerou que “deve ser uma tremenda falta de visão ou então de responsabilidade administrativa não ter dotado até hoje a capital do estado de um hospital de pronto socorro municipal” e, assim, “contribuir para a superlotação das demais unidades médicas do estado, para onde vão as vítimas de acidentes de trânsito, na sua maioria motociclistas e ciclistas”, acentuou.

Publicado na edição nº 136 (abril de 2011).



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: