Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sáb,   20/julho/2019     
política

Revelação de um ‘companheiro’: PT não dará legenda a Hermínio

15/05/2011 12:15
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    



Os duros ataques desferidos pelo deputado contra o prefeito Roberto deve inviabilizar sua desejada candidatura. 


 
José Hermínio foi o candidato a deputado estadual mais votado do PT. Muitos consideram que sua retumbante vitória foi conseqüência de sua antiga contenda com o prefeito Roberto Sobrinho a quem Hermínio dirige críticas desde seu primeiro mandato, especialmente desqualificando as relações do prefeito com o segmento do transporte coletivo, da coleta de lixo, da saúde, entre outros aspectos.

Quando era vereador e estava na presidência da Câmara, o agora deputado José Hermínio não deixava de demonstrar total independência no encaminhamento de matérias ao plenário da Casa, sem levar em conta que o prefeito Roberto Sobrinho integra seu mesmo partido.

Político sem papas na língua, José Hermínio nunca escondeu sua decepção com o prefeito e com outros “cumpanheiros” que, no poder, passaram a sustentar as teses burguesas, aliando-se aos segmentos facilmente rotuláveis de oportunistas em busca do enriquecimento fácil e rápido.

SEM CAMINHO

De acordo com uma fonte petista bem enfronhada na cúpula do diretório municipal, “no partido a maioria reconhece” que José Hermínio tem atualmente “um grande cacife eleitoral” para pleitear uma candidatura para 2012, mas “ele precisa enxergar não tem mais espaço, por sua conduta de oposição ao prefeito, para pleitear candidatura a qualquer cargo pela legenda”, destacou a fonte.

O pessoal “que tem o comando do PT atualmente”, continuou a fonte, “não se sensibiliza com esta questão do camarada ser fundador do partido e ter seu DNA” se ele combate os quadros do partido que estão exercendo mandato importante como o de prefeito da capital.

O único caminho que resta a José Hermínio para conseguir viabilizar “uma candidatura de prefeito em 2012” seria a conquista de maior espaço no diretório ou a desfiliação do PT.

O PT de hoje, comentou a fonte, “não tem praticamente nada dos tempos em que combatia os conservadores e a direita. Hoje fazemos todo tipo de aliança. Afinal, o Roberto Sobrinho não foi se socorrer com o ex-prefeito direitista Sebastião Valadares e até com o Jair Ramires. Ora, por que o PT iria garantir espaço para um “companheiro” que vive recorrendo a um discurso de oposição a membros do próprio partido?” concluiu a fonte nesse tom de indagação.

RECUPERAÇÃO

A fonte consultada por Imprensa Popular concordou com a opinião de que o prefeito Roberto Sobrinho vive um grande desgaste e ressalvou: “Ele terá condições de reverter este cenário. Certamente é um quadro que ainda vai contribuir muito com o crescimento e a consolidação do partido em Rondônia”.

E para terminar a fonte alfinetou: “O Hermínio precisa refletir num mundo que mudou. Ele deve lembrar que o Pelé parou de jogar e nem por isso o Santos acabou”.


Publicado na edição nº 136 (abril de 2011).



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: