Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sex,   15/novembro/2019     
cidades

Há cinco meses sem receber caçambeiros fecham acessos à Prefeitura de Porto Velho

5/12/2011 17:07:57
 
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar

Problemas técnicos, administrativos e incompetência. Seriam esses as principais razões de uma série de problemas que culminaram no atraso de mais de cinco meses no pagamento da prefeitura de Porto Velho a um grupo de prestadores de serviços que alugam caminhões e máquinas pesadas às secretarias SEMOB, SEMUSB e SEMAGRIC.

Acampados há mais de três dias em frente à sede da prefeitura da capital, os trabalhadores afirmam que apenas vão sair do local após receberem garantia do prefeito Roberto Sobrinho quanto ao pagamento dos débitos.

Contudo, segundo consta, o imbróglio estaria longe do fim, pois o repasse do pagamento aos trabalhadores foi bloqueado devido a irregularidades apontadas pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado).

“O Prefeito Roberto Sobrinho veio falar conosco e disse que não tinha como pagar, somos pais de família, trabalhadores que estão pedindo apenas o que é seu de direito, trabalhamos de forma correta e não recebemos o pagamento por irresponsabilidade dos gestores do município”, afirmou Erasmo Carlos, um manifestante que reivindicam o pagamento.

POLÍCIA


No final da manhã desta segunda-feira (5) o chefe da Defesa Civil de Porto Velho, Reinaldo da Silva, foi até o local acompanhado de força policial para tentar convencer os manifestantes a se retirarem das áreas de acesso de entrada e saída da Prefeitura Municipal, mas, após muita conversa os manifestantes alegaram que apenas abririam espaço para algum atendimento da Defesa Civil e não para nenhum atendimento administrativo da prefeitura.


Com informações do Rondônia ao vivo.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: