Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qui,   5/dezembro/2019     
artigos

Com postura do STF, beco se afunila para corruptos rondonienses

14/09/2012 08:15:30
Gessi Taborda
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar
PÂNICO

O medo do desdobramento em todo o judiciário brasileiro que deve provocar o julgamento do STF, está provocando pânico também nos corruptos de Rondônia na hora do acerto de contas final na passarela do Judiciário. Gente sumida e completamente calada, como é o caso de alguns ex-deputados (com destaque para Carlão de Oliveira e Valter Araújo) têm certeza de suas condenações. Embora alguns estejam atuando prá valer na berlinda dessa campanha (Carlão, pelo que consta, é um dos bambambãs no time de Lindomar Garçom), vivem momentos de pânico diante da síndrome do xilindró. Fontes comentam que ali pelo lado do Bairro da Lagoa o consumo de Lexotan aumentou muito.

BOM PARA O PAÍS

O Relatório Progresso 2012- O compromisso com a sobrevivência da criança: Uma promessa renovada, divulgado pela Organização das Nações Unidas ontem, destaca que o Brasil já alcançou os índices de redução definidos pelas metas dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODB), em relação à mortalidade de crianças com menos de cinco anos de idade. O acordo internacional previa a redução em 2/3 da mortalidade desse público entre 1990 e 2015.
De acordo com a ONU, o Brasil apresentou redução de 73% das mortes na infância desde 1990. Neste ano, a taxa brasileira indicava que a cada mil crianças nascidas vivas, 58 morriam antes de completar cinco de anos de vida. Em 2011, o órgão internacional mostra que o índice reduziu para 16/1.000.


FOI PRÔ BELELÉU

Quem estava decidido a votar no sobrinho de Ramiro Negreiros e filho do Ceará Miséria corre o risco de jogar no lixo o seu voto. Mesmo que a Justiça Eleitoral não casse de imediato a candidatura do rapaz, não há mais nenhuma segurança de que essa candidatura prospere. E há também o risco de que, numa suposta vitória, Edvilson seja impugnado antes da diplomação... E deve ser assim mesmo: punição exemplar para quem, apesar de saber da Lei Ficha Limpa e ver na mídia a batalha que a Nação trava contra os corruptos, acha que poderá fazer política pelos métodos antigos sem sofrer as conseqüências.



GENEROSIDADES

Como o PT não deverá se manter na prefeitura de Porto Velho, as duas figuras de maior destaque do partido (Fátima e Roberto) já estão esperando generosidades especiais para depois da eleição, oferecidas pelo Planalto. Articuladores tentam falar sobre esse assunto com a “companheirada” federal. Mas, pelo que se ouviu, não será fácil. Até porque o setor elétrico saiu da área de influência da petralhada.


MADE IN RONDÔNIA

A próxima edição da Feira Industrial de Rondônia (Feiron) será extraordinária em relação à última mostra. Essa foi a afirmação de Denis Baú, o presidente da Fiero, ao confirmar ontem a adesão da Dydyo no evento: “Com empresas como esta, o Estado deixa de ser fundo de linha para se constituir importante fronteira que se abre para novos negócios e consequentemente para o progresso”, destacou o presidente da Federação das Indústrias de Rondônia. Baú acrescentou que ao participar da FEIRON Internacional, a Dydyo reforçará ainda mais a imagem de empreendimento que deu certo, uma empresa legitimamente rondoniense que investe aqui e emprega mão de obra local.



DÍVIDA EM DEBATE

Pela primeira vez a Dívida Pública será tema de amplo debate no estado, na OAB-RO, com o Seminário Estadual da Dívida Pública, numa promoção conjunta com o Sindicato dos Auditores Fiscais de Rondônia (Sindafisco), marcado para o próximo dia 27, a partir das 19 horas.

Hélio Vieira, presidente da OAB-RO, explicou que “a questão da dívida pública dos estados é uma polêmica que, mais cedo ou mais tarde, terá de ser enfrentado pelos governantes com a participação da sociedade. Do contrário, o Brasil se inviabiliza e jamais sairemos do status de país emergente, porque vamos estar sempre patinando, sem galgar os avanços que garantirão educação de qualidade e outras ações que assegurem qualidade de vida à população”.

As inscrições de participação nesse Seminário poderão ser feitas até o próximo dia 20, pelo site www.oab-ro.org.br, onde também estão disponíveis mais informações. Entre os palestrantes confirma-se a presença de João Pedro Casarotto, um destacado estudioso sobre o assunto, contador e fiscal tributário aposentado do Rio Grande do Sul. O representante da seccional da Ordem no evento será o advogado tributarista e professor universitário, Breno Dias de Paula, conselheiro estadual da Ordem.


DELFIM

Recebi e agradeço, convite para participar, em São Paulo, da entrega de prêmio ao economista Delfim Netto, como registro a seguir. Delfim Netto receberá o prêmio Professor Emérito CIEE/Estadão 2012 – Troféu Guerreiro da Educação, conferido anualmente a personalidades que se destacaram na educação. A entrega do troféu ocorrerá às 10h de 15 de outubro, Dia do Professor, no Espaço Sociocultural – Teatro CIEE (Rua Tabapuã, 445, Itaim Bibi), em São Paulo. O Professor Emérito 2012 será saudado pela premiada do ano passado, a médica e professora Angelita Gama.



PRATICA COMUM

O deputado Lorival Amorim está disputando a eleição de prefeito em Ariquemes. E pelo visto, está constantemente na mira da Justiça Eleitoral por utilizar métodos nada republicanos em busca dos votos. Agora, a titular da 7ª Zona daquela comarca determinou que o político para de fazer propaganda eleitoral em igrejas. Todos os candidatos sabem que essa é uma conduta vedada pela legislação, todavia isso acaba sendo uma prática comum da maioria dos candidatos. Também em Porto Velho, nessa época, tá cheio de candidatos gritando “Aleluiah” e distribuindo santinhos adoidas, muitas vezes com a ajuda de pastores devidamente “amaciados” com o vil metal.



CALADINHO

E até agora o candidato do Partido Verde, Lindomar Garçom, não rompeu o silencio sobre a presença de seu coordenador de campanha no comitê de Edvilson Negreiros. Até onde se sabe Edvilson (preso no Pandinha) é candidato da coligação do PR (de Miguel de Souza) com o PT (de Fátima Cleide). Então, raios, o que fazia lá no comitê do candidato investigado por lavagem de dinheiro e flagrado comprando votos o coordenador de Garçom, que é adversário (???) da candidata chapa-branca???



Comentários (1)
BAÚ

O MAIS ENGRAÇADO É QUE O TAL MALA, DIGO BAÚ, SE EXPÔS AO RIDÍCULO ATRAVÉS DE UMA MATÉRIA VEICULADA NA TV, ONDE DIZIA QUE A MADEIRA MAMORÉ ALAVANCOU A INDUSTRIALIZAÇÃO DE RO. QUE INDÚSTRIA ? A FERROVIA FOI PARADA EM 1972 E DOIS E NÃO SABEMOS ATÉ HOJE A QUE INDUSTRIAS ELE SE REFERIA. SÓ SE FOI FÁBRICA DE BOTÃO PARA CAMISA, FOI A MATÉRIA PRIMA, CHIFRE, TINHA À VONADE.

MOACIR NASCIMENTO FIGUEIREDO - PORTO VELHO/ RO.
Enviado em: 17/09/2012 19:25:56  [IP: 189.72.157.***]
Responda a este comentário

Mais Notícias
Publicidade: