Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  ter,   7/julho/2020     
artigos

Apesar de sobrevida de Bob Sobrinho, MP não desiste de levá-lo à lona e para trás das grades

24/04/2013 14:08:46
Gessi Taborda
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar
NOVO ROUND

A informação vem de fonte reconhecida como bem informada. O Ministério Público não vai à lona com a vitória conseguida pelo ex-prefeito no Tribunal de Justiça, garantindo-lhe continuar em liberdade depois de passar apenas um dia na cadeia. Segundo a fonte, começará um novo round, dentro de dias, com investigações mais profundas e outras denúncias de improbidade contra o ex-prefeito, candidato a um nocaute. Muita gente aposta que o ex-prefeito tem várias manobras jurídicas capazes de livrá-lo de condenação até o momento de decidir se será mesmo candidato em 2014. Como a oposição rondoniense é altamente desarticulada, aliados do personagem Bob Ali-Babá estão convencidos de que mesmo apontado como vilão ele tem ainda ampla possibilidade de uma vitória eleitoral.


FUNDAMENTAL

Cupinchas de Bob Ali-Babá consideram fundamental a conquista de um mandato no próximo ano para assegurar a blindagem que garante impunidade para políticos claramente envolvidos em corrupção e sumiço de dinheiro público.


MISSA

Todas as paróquias de Rondônia deverão reservar espaço nas homilias de domingo para condenar a liberação da “pílula do dia seguinte” pelo Ministério da Saúde. Para os bispos ligados à CNBB, essa decisão do Ministério da Saúde é um atentado contra a vida. Em Rondônia, as mocinhas terão dificuldades em conseguir a pílula. Nessa terra governada por Confúcio faltam pílulas no estoque dos postos de saúde.


PLANO MUDADO

Ontem uma fonte antenada na montagem do tabuleiro da disputa eleitoral para 2014 comentava que Kazan Roriz, o magnata dos pneus, não será candidato ao governo. Pelo comentário, seu minúsculo PEN vai procurar fazer alianças e garantir para Kazan uma candidatura ao Senado.

Até agora, a parte visível da movimentação política de Kazan está nas redes sociais (facebook) e na propaganda de sua empresa de pneus. Mais do que destinada a vender pneus, a publicidade procura destacar (indiretamente) qualidades de seu dono: “É + que pneu: É justiça, É honestidade, É transparência, É segurança”.



01º DE MAIO

O presidente da Assembléia Legislativa, José Hermínio, deve aproveitar o 1º de Maio para reafirmar seu compromisso de colocar em votação ainda nesse primeiro semestre, o PCCR dos servidores estatutários da Assembléia. Ele deve participar da festa do servidor, organizada pelo Sindler, para anunciar também a quitação das pecúnias dos estatutários do Legislativo. Hermínio não pretende perder sua identidade sindical, atividade que exerceu antes de entrar na vida pública.


SEM CUMPRIR

O governador Confúcio Moura está radiante com a possibilidade de iniciar um novo estilo de governo com os recursos provenientes do empréstimo bilionário do BNDES. Se a coisa engrenar com o início de obras estruturais em todo o estado, o governo encomendará uma pesquisa sobre a intenção de votos para 2014. Se chegar – como se imagina – em 20% nessa pesquisa anunciará oficialmente sua decisão de disputar um novo mandato. A vida de Confúcio não está fácil, pois não cumpriu nem 30% das promessas de campanha. Se não recuperar, com urgência, o tempo perdido corre sério risco de ser retirado pelo poder nas urnas de 2014.


DIVÓRCIO

Se Santo Antônio é tido como santo casamenteiro, o mesmo não acontece com o Consórcio Santo Antônio, responsável pela construção e operação de uma das hidrelétricas do rio Madeira. Famílias do Assentamento Joana D’Arc denuncia o poderoso “Santo” como uma entidade completamente divorciada das responsabilidades social com aqueles agricultores. O tal Consórcio responde a uma ação civil pública e uma forte oposição política por não levar muito a sério as reclamações de quem foi e está sendo afetado pelas obras do complexo hidrelétrico.


TROPEÇO

A moça está na capa da Veja dessa semana. Isso mostra que o assunto não foi esquecido. De repente tudo mudou e Rosemary (que pode ser uma espécie de calcanhar de Aquiles de Lula) está de volta ao noticiário. O Planalto também vazou a informação de que, com apoio da Controladoria-Geral da União, “técnicos do governo apuraram que a ex-chefe do Gabinete da Presidência da República não foi a Roma a trabalho”, referindo-se a uma visita à cidade eterna, quando se hospedou na Embaixada com o marido.

Traduzindo: o Planalto (leia-se: Dilma Rousseff e seus seguidores) quer arrebentar com Rosemary Noronha, não há a menor dúvida, e o alvo na verdade nem é ela. As baterias atiraram nela, mas querem acertar o ex-presidente Lula e detonar definitivamente qualquer possibilidade de candidatura dele, deixando Dilma Rousseff sozinha na escuderia do PT.


PELO TELEFONE

O deputado Roberto Freire ligou para o deputado José Hermínio, após o anúncio da fusão entre o PPS e o PMN. O deputado rondoniense foi convidado a fazer parte da nova sigla. Segundo consta, Hermínio declinou do convite.


EM FAMÍLIA
Com a entrega do PR a Jaqueline Cassol, a família do ex-governador está se preparando, como dizem, para lançar, se preciso for, o plano B da disputa pelo governo. Cassol já é o cacique do PP e os dois partidos sairão no mar de 2014 com um só capitão.



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: