Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  dom,   12/julho/2020     
artigos

No vale tudo pelo voto, candidatos confiam na ignorância e debocham do eleitor

26/09/2014 13:13:02
Gessi Taborda
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar
TUDO COMEÇA NO VOTO

É próprio da atrasada política brasileira: vale tudo para galgar alguns votos a mais nessa reta final de primeiro turno das eleições. O que assistimos nesse período, sobretudo na propaganda da TV, são as velhas (e novas) aberrações que de nada servem, pedagogicamente, para nos ensinar a votar com mais qualidade.

Bem que dizem que, toda a cidade e todo o estado têm o prefeito e o governo que merecem! Os problemas não começam nos governantes, mas sim em nosso voto!


CARAS DE PAU

É incrível a cara de pau de alguns candidatos. Eles estão tão confiantes na ignorância do eleitor que debocham dele sem nenhum pudor. Ou não isso que faz um candidato ao Senado prometendo todo dia na TV que fará hospitais, creches, escolas profissionalizantes, coisas que nem são atribuições de senador?

Fala com a certeza de que o eleitorado é mesmo um bando de parvo, fácil de ser manipulado com promessas absurdas e mentirosas, como se a gente não soubesse que executar obras é negócio de governo, prefeito e presidente da República.

O cara de pau, que precisou substituir o próprio pai em sua chapa (porque o pai é ficha suja), ainda vem com aquela conversa de que é político acima de qualquer suspeita.

Há vários outros caras de pau prometendo, por exemplo, trabalhar por Rondônia, por Porto Velho, como se não estivessem terminando um mandato sem fazer nada pela situação vergonhosa e vexatória da falta de saneamento básico.


CASO ESPECÍFICO

Veja, por exemplo, o caso dessa deputada Marinha Raupp (mulher de um ex-governador e atual senador) afirmando que fez e aconteceu por aqui.

Onde? O que? .Quando? Desconheço alguma marca ou realização que tenha o dna dessa mulher!

Ah, me direis os borrabotas, e o teatro? Ora, o teatro é obra de 20 anos e mesmo assim, será inaugurado sem estar verdadeiramente acabado. Ainda tem grande parte da obra cercada por tapumes.


AUDÁCIA

É tamanha a audácia desses políticos que em pleno final da corrida ainda tentam se mexer para dizer que estão fazendo obras populares.

O governo está no seu último ano e, só agora, em plena reta final da disputa, faz um trabalho de reforma do único ginásio de esportes existente na área central de Porto Velho. É ou não uma tremenda cara de pau?

São lambanças ridículas que podem ser vistas por toda a capital rondoniense.

Existe lambança maior do que os malfadados (vá lá!) viadutos da BR-364 integrando a enorme manada de elefantes brancos de Porto Velho.

E mesmo com toda essa absurda comprovação de desperdício do dinheiro público, o audacioso personagem apelidado de Bob Ali Babá tem coragem de estar na corrida eleitoral por acreditar na idiotia do eleitorado.

Estão cientes (ou confiantes) que nosso eleitorado digere bem essas porcarias paridas no pior da política, com riquezas que não resiste nenhuma investigação e fazem políticas milionárias, bem capazes de serem sustentadas pelo Caixa 2.


PAPO MAROTO

As pessoas estão resistindo a pensar. E prefere ir no vai da valsa. É incapaz de compreender que essa conversa de diminuição da pobreza está enrustida numa outra realidade: essa pobreza foi reduzida às custas dos impostos dos trouxas trabalhadores para sustentar programas assistenciais.

E que agora vemos por exemplo, o professor da escola básica andar de carro velho enquanto que os beneficiários de seus inúmeros programas já tem tablet e até carros melhores do que os dos pobres professores!


CONSOLO

É claro que, como se vê, vale tudo pela jogada política, até dançar funk e repetir trocentas vezes seus discursos cheios de retóricas e balelas decoradas na tv, repetindo velhas promessas (não cumpridas) com outra roupagem como se fossem novas.

Nesse momento o número de candidatos desesperados é maior. Estão sentindo (como uma senhora que no passado mostrava os seios e agora tenta ser engraçada com ridículos bonecos) seus minutos de fama indo ralo abaixo. Mas não pensem que são apenas estas pessoas simples quem fazem campanhas mirabolantes em meio a inúmeras pataquadas diárias.



VOTE SEM IMBECILIDADE

Estamos na reta final e ainda temos atividades importantes das eleições desse primeiro turno. Hoje, com início às 22 horas, acontece mais um debate, na TV Candelária, retransmissora da Rede Record. O último debate – tido como o mais importante, será no dia 30, na TV Rondônia, retransmissora da Globo.

Assistir aos debates é importante para o eleitor se informar mais, sabendo separar o joio do trigo, votando com mais consciência.



ATÉ NO DF

Seria muito bom para o estado de Rondônia se aqui nossos eleitores não agissem, com a imbecilidade dos eleitores de Alagoas e de Brasília. Os imbecis de Alagoas votam no Collor e no Renan, mesmo tendo roubado bilhões. O povo trouxa de Brasília votaria no Arruda, mesmo diante das impugnações da Justiça e seu tempo de prisão, por ter metido a mão na grana do povão.



IMBECILIDADE

O colunista quer acreditar na maior conscientização do eleitorado rondoniense. Reconheço ser esse desejo um caso difícil de ser realizado. Ouço todo dia que aquele político sujo acostumado a esconder dinheiro na cueca, respondendo processo por participar de esquemas de corrupção divulgados com insistência na mídia será, isso mesmo, um dos mais votados da capital. Se isso acontecer temos que nos envergonhar e reconhecer que o problema não são os políticos sem vergonha, mas o eleitorado imbecil que elege ladrões e ladras para compor o legislativo.



COISA DE ANÃO

Em seus dois discursos na ONU Dilma deu a entender que apoia os terroristas do Estado Islâmico. Ou, então, ela e seu califado desconhecem totalmente o que se passa naquela região. É, depois reclama quando chamam o Brasil de anão diplomático. Os pronunciamentos de Dilma rivalizam com as abobrinhas de seu padrinho e mentor. Ela não percebeu que o Estado Islâmico está se lixando para nós, os "infiéis".



INCLUSÃO

Leitor atento da coluna pediu para incluir na relação daqueles que devem ter retorno garantido ao mandato de deputado estadual o nome da parlamentar de Cacoal, Glaucione. Está ai, devidamente incluso.



HUMOR
Você, eleitor do Mauro Nazif, sabe para que ele foi eleito? Deve ser para posar de aspirante de humor. Em pleno momento do Primeiro Centenário, quando a cidade não tem nada para apresentar, vem o prefeito com esse negócio de “Vovô e Vovó Pop”. É não apenas hilário, mas também macunaímico.



Comentários (1)
No vale tudo pelo voto

Concordo com o comentário de Taborda, quando escreve sobre a vida cotidiana da Capital dentro de uma critica implacável sem medo. Rondônia não tem sorte quando se trata de gestão e crescimento, diferente do Amazonas que apesar de tem também corrupção mas cresce a todo momento. boa sorte.

Jair Pereira Cardoso - Porto Velho/RO/ RO.
Enviado em: 26/09/2014 15:22:38  [IP: 187.4.67.***]
Responda a este comentário

Mais Notícias
Publicidade: