Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  sex,   13/dezembro/2019     
artigos

Com passado ilibado e estrondosa votação nas urnas, Adelino pode canalizar a voz da oposição a Confúcio na Assembleia

07/11/2014 08:06:34
Gessi Taborda
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar
INCÓGNITA

Aumentou, e muito, a movimentação de pessoas na Assembleia. Maioria já se posicionando e buscando algum garantir algum benefício pela “participação na campanha” de um ou outro vitorioso. Ainda é cedo para ser ter uma ideia de como vai funcionar o Poder Legislativo após a posse dos novos legisladores.

Na verdade a maioria dos recém eleitos sequer compareceram à sede do legislativo para demarcar, por exemplo, os possíveis gabinetes.

Adelino Follador poderia naturalmente se colocar como porta-voz da Oposição no próximo ano. A enorme votação que obteve dá-lhe cacife para uma oposição democrática. Mas nesse momento não dá para saber se ele tem algum interesse nisso.


VISIBILIDADE

Por seu passado de político limpo, Adelino teria respaldo para atuar como um legítimo parlamentar fazendo cobranças e fiscalizando o governo. Até porque poucos conhecem melhor o modo de agir do governador Confúcio.

Ele poderia conseguir uma grande visibilidade cumprindo esse papel para pavimentar um projeto político de longo prazo, especialmente por ser ainda novo, com a legítima aspiração de um dia chegar ao Palácio onde Confúcio ficará mais 4 anos.

Mas o próprio Adelino não deixa escapar nada sobre esse assunto. Certamente o ex-prefeito de Cacaulândia tem consciência de que enorme quantidade de votos recebidos nessa sua reeleição o credencia a atuar como líder oposicionista. Se aceitar a carga de responsabilidade que isso representa, será um nome de seu partido credenciado para alçar vôos mais que os do parlamento estadual.


UMA JOSTA

O problema desta gente (de esquerda) é que não entendem que o socialismo a ferro e fogo nunca funcionou e nem vai funcionar em parte alguma do mundo. É uma falácia. A União Soviética ficou 70 anos enganando todo mundo, até que um dia desmoronou e ai se descobriu que tudo aquilo não passava de um blefe, tanto que hoje (ironia do destino) quem comanda a Russia são ex-agentes da KGB.

Ah, mas a China esta dando certo. Só que lá na China quem da as cartas é o sistema capitalista, muito embora eles ainda vivam num regime comunista. Só não sabemos até quando. Se o socialismo funcionasse, Cuba não seria esta miséria que é hoje, onde as pessoas são tratadas como prisioneiros num campo de concentração, simples assim.


PERIGO

Os exemplos estão aqui mesmo, na nossa Rondônia. Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada, e a honestidade se converte em auto-sacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar, que sua sociedade está condenada.


EXEMPLO

Como acreditar que Rondônia vai avançar no próximo ano se o governador reeleito acaba de ser condenado (pasmem!) na Justiça do Trabalho, em processo julgado na 1ª Vara do Trabalho de Porto Velho (solidariamente com o Estado) ao pagamento de multa no valor de R$ 30.795.350,13 por descumprir obrigação feita em juízo, exatamente em relação a unidades de saúde do Estado. E olha que o governador reeleito se gaba de ser, como médico, profundo conhecedor do sistema de Saúde.


MARES TURBULENTOS

Não sei o leitor percebe, mas o colunista sente o barulho de mares turbulentos para reduzir os benefícios da impunidade aos políticos acostumados a meter os pés pelas mãos aqui no estado rondoniense. O Ministério Público não está mais naquela de mero observador de executivos usando a máquina pública para paroquiais ou de enriquecimento ilícito pessoal. Ainda ontem foi anunciada uma ação do órgão contra Nadelson de Carvalho, ex-prefeito de Novo Horizonte que passará a responder 13 denúncias criminais e 14 ações de improbidade administrativa.

Essa mesma turbulência precisa acontecer aqui com relação ao próprio governo do estado, no caso da apropriação indébita das contribuições descontadas no contracheque dos servidores para o Iperon.


NA ÓTICA DELES

Enquanto não houver uma marcação cerrada sobre ordenadores de despesas em todo estado, exigindo justificavas plausíveis para o gasto do dinheiro público, o cidadão-contribuinte-eleitor ficará pasmo com a ousadia desse povo. Basta conferir a verdadeira pouca vergonha dos gastos de câmaras municipais em diárias para conferir que a cada ano o baile corre mais solto.


TURISMO DESAVERGONHADO

É nessa onde que vereadores de Cacoal foram passear em Maceió (AL), Foz do Iguaçu (PR), Recife (PB), Niterói (RJ), Blumenau (SC), Belém (PA), São José dos Campos (SP), Curitiba (PR) e, como não podia deixar de ser, em Brasília (DF). Ora, o que um vereador de Cacoal pode tem para fazer (que seja do interesse dos moradores da cidade) em Curitiba ou Foz do Iguaçu?

Se ninguém (do MP ou TCE) perturbar quem anda soltando dinheiro para as andanças dessas “otoridades” eles vão continuar liberando verbas do contribuinte para esse turismo disfarçado de quem não tem o que fazer.


PINDAIBA DELES

Se você vive com o salário de barnabé; de professor ou de qualquer outra categoria desprestigiada do serviço público pense nisso: Além do reajuste salarial pleiteado pelo Judiciário, tem também o auxílio-moradia de R$ 4 mil, porque é simplesmente impossível conseguir um teto decente para morar com os proventos mensais de R$ 35.919,00.


INFERNO ASTRAL

Moreira Mendes não está numa boa fase: perdeu as eleições para o Senado; não conseguiu eleger, como imaginava, o filho para deputado federal e acaba de sofrer mais uma derrota significativa: O Tribunal Superior Eleitoral acaba de anular os votos dados ao deputado (em fim de carreira) como candidato a senador. Isso porque o registro de sua candidatura ao Senado acaba de ser indeferido pelo TSE.

Moreira se tornou inelegível ao ser condenado em 2011pelo Tribunal de Justiça (TJ) de Rondônia por ter cometido improbidade administrativa - lesão ao erário. Ele se envolveu no escândalo das passagens.


SEM DEVOLVER

O esquema era feito pela emissão e cancelamento de bilhetes aéreos sem que a devolução dos valores fosse feita aos cofres públicos, mas sim a particulares, além de vendas de bilhetes em duplicidade e cobrança de passagens aéreas sem a emissão de bilhetes.

Até agora o dinheiro surripiado da Assembleia não foi devolvido à instituição. Sem mandato a partir do próximo ano, Moreira poderá perder sua importância também como chefe do PSD, sigla que pode ser gerida pelo deputado José Hermínio, único peessedessista com mandato e com condições de assumir o controle do PSD em Rondônia.


TÁ CHEGANDO A VIRADA
As perspectivas imediatas não são nada alvissareiras: inflação em alta, desindustrialização, desconfiança e perda de credibilidade no âmbito internacional, déficit no balanço de pagamentos, desvalorização do real, aumento do preço dos combustíveis e da energia elétrica, gastos governamentais incontroláveis, infraestrutura péssima, corrupção inimaginável, saúde, segurança, educação... etc., etc. E você ainda fica com essa cara de que “a presidenta vai dar jeito em tudo”. Aproveite esse finalzinho de ano para assuntar como melhor sobreviver depois da virada.



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: