Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  ter,   25/fevereiro/2020     
artigos

Vai ser difícil para Confúcio segurar crescimento dos protestos contra o governo e seus seguidores

25/03/2015 09:55:42
Gessi Taborda
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar
CRUZ CREDO

Pela segunda vez este ano - e ainda não terminou o 1º trimestre - são refeitas as projeções da economia brasileira para este ano. Mais inflação e uma queda maior do PIB é o que o mercado prevê. O desemprego, os juros e a inflação estão crescendo. E tudo isso causa reflexo na nossa vidinha de Rondônia. Vai faltar emprego, o custo de vida vai subir adoidado e a necessária infraestrutura mais uma vez vai para o beleléu.



UMA OVA

E apesar dos ocupantes do governo estadual dizer que por aqui a economia está sob controle, não está. Os preços continuam subindo em disparada nos supermercados e o bolso dos consumidores rondonienses, principalmente a nova classe média está sentindo a alta dos preços como nunca sentiu. E claro que se fizer uma pesquisa agora, certamente uma grande parte do eleitorado rondoniense estará nos índices de reprovação do governo.


PROTESTOS

Se a Justiça confirmar sua própria sentença de cassação prestará não apenas um excelente serviço ao chamado império das leis, mas à própria população estadual que sabe que Confúcio está inviabilizado para o cargo. Se ele continuar vai ser difícil segurar o crescimento dos protestos contra o governo e seu séquito político.


GOVERNANÇA

O governo está articulando a criação de dois blocos de deputados e senadores para a sua base de apoio parlamentar: o dos picaretas e o dos achacadores. Vários congressistas poderão fazer parte dos blocos simultaneamente... é o que andam dizendo nas coxias.


ALERTA DO LEÃO

Os contribuintes que possuem consórcio devem declarar suas cotas no Imposto de Renda. Mesmo que ainda não tenham sido contemplados. Os consórcios são considerados como uma das várias categorias de bens para fins da declaração. A declaração deve ser feita na ficha “Bens e Direitos”, mas o procedimento varia conforme a situação de cada cota.


DECEPÇÃO

Ontem a prefeitura distribuiu mais um de seus factóides, afirmando que vai intensificar o serviço de tapa-buracos para a região sul e central da capital rondoniense. Outro factóide também procurou supervalorizar a compra (é mesmo do baralho) de um caminhão munck, como se isso fosse uma excepcional conquista da gestão desse médico Nazif.

Diante da enxurrada de factóides tentando vender a ideia de que esse prefeito trabalha prá valer me lembrei de como é fácil ser enganado pelos desfechos da política.


SEM MUDAR NADA

Ai está o dr. Mauro Nazif, que não mudou nada em relação aos seus antecessores. É uma decepção. Certamente não conseguirá nem mesmo acabar com a buraqueira da cidade até o final de seu mandato.

Aliás, se as coisas continuarem nesse mesmo diapasão, a cidade vai continuar abandonada, suja, feia, mal iluminada, mal cheirosa e até pior do que estava antes de Mauro. Se o MP não começar a exigir do prefeito pelo menos o cumprimento dos TACs assinados em relação à desobstrução das calçadas a capital continuará vivendo nesse beco sem saída, como se não tivesse prefeito de verdade.


GASTO DESNECESSÁRIO

É preciso os órgãos de controle externo ficar atentos a gasto que um gestor público estaria pronto a fazer para pagar uma pesquisa que irá aferir porque sua rejeição está tão alta.

Ora, só mesmo esse gestor (???) ainda não quer enxergar que boa parte da sociedade de Porto Velho vê sua “administração” (??) como sinônimo de corrupção? Ora, queria o que se, como se sabe, seu líder no legislativo está encalacrado em várias denúncias e respondendo inquérito por corrupção, se no seu alto-escalão estão pessoas com fichas meio rotas, que precisam de liminares para permanecer nos cargos.


DESPERDÍCIO

Quem esperou algum tipo de manifestação de lideranças e políticos rondonienses por conta do Dia Mundial da Água quebrou a cara. Embora tenhamos rios enormes e caudalosos em boa parte do estado, nossa população continua sofrendo com a falta de distribuição de água tratada para a maioria dos moradores rondonienses. E mesmo assim, há o problema do desperdício provocado pelos vazamentos existentes em redes sem a devida manutenção. A Caerd, estatal do governo, continua como exemplo de uma tragédia de gestão, que praticamente nada investe nesse serviço fundamental.


INDECOROSA

Num cenário de plena dificuldade econômica, a proposta do governo que tramita na Assembleia para a criação de aproximadamente 800 cargos com remuneração chegando próximo dos 17 mil reais é indecorosa. Tem razão o deputado Luizinho Goebel de assumir uma postura pública contra esse pedido do palácio. Mas o parlamentar não pode ficar apenas numa posição diplomática em torno do assunto. Precisa, isso sim, ter coragem de liderar um movimento junto aos seus pares para inviabilizar que tal proposta indecorosa possa avançar. A hora – e nisso o deputado Goebel está coberto de razão – é de cortar gastos.


GAUCHISMO

Em confraternização com o MST no Rio Grande do Sul, a presidente Dilma foi chamada pelo “general” Stédile de “quase santa”. “Menos”, Stédile, “menas”. Realmente, a presidenta Dilma é quase uma santa. Santa do pau oco!


POLUIÇÃO VISUAL

Os vereadores se ocupam com a promoção de audiências públicas para debater temas (importantes) como segurança pública (que é mais da alçada do estado) e deixam de lado temas que são da responsabilidade do governante municipal, como é o caso da poluição visual. Além das diversas mazelas visíveis em todos os cantos da cidade pela incompetência do prefeito, uma outra está ai diante dos olhos de todos e pelo visto não chama a atenção dos vereadores.

Esse é o caso da poluição visual, precisando de um combate intensivo à enorme proliferação de anúncios publicitários expostos em grandes out-doors fixados em lotes urbanos não edificados, muros e nas laterais de edifícios, entre outros. Certamente a comunidade está precisando que os vereadores estabeleçam uma Lei da Cidade Limpa também nesse aspecto da poluição visual, tema que justificaria uma audiência pública.


BENGALA NELE

Será que nossos órgãos de controle externo permitirão que se torre mais uma vez uma pequena fortuna de dinheiro público com essa conversa de reforma (de novo??) da Câmara Municipal? To-ma-ra que nãooooo!


DELAÇÃO
É quase inacreditável o site subornoamericano.com.br. Nele, Washington pede que, se alguém sabe de corrupção feita por norte-americanos ou empresas norte-americanas, apresente denúncia direta ao governo. Na lista de transgressões, informa-se que até presentes – certamente em excesso – podem servir de prova. Explica o portal: “A Lei de Combate à Praticas de Corrupção no Exterior Estados Unidos da América (“FCPA – Foreign Corrupt Practices Act”) visa ao combate à corrupção em todo o mundo. O preceito dá à Comissão de Segurança e Valores e ao Departamento de Justiça do Estados Unidos da América o poder de fazer cumprir a lei e punir empresas negociadas nas bolsas de valores norte-americanas por corrupção”. É isso aí.



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: