Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qua,   8/julho/2020     
artigos

Léo Moraes quer povo tomando parte em briga sobre o rompimento das barragens das hidrelétricas do rio Madeira

19/11/2015 11:53:52
Gessi Taborda
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar

FILOSOFANDO

“É uma infelicidade haver um intervalo curto demais entre o tempo em que se é jovem demais e a época em que se é demasiado velho.” – Montesquieu (1689/1755), filósofo francês.

 

VAI SUBIR

Para tentar reverter um prejuízo estimado de R$ 900 milhões este ano, os Correios irão propor ao Ministério da Fazenda um reajuste de 8,9% nas tarifas das correspondências, serviço no qual a estatal tem monopólio. De acordo com o ministro das Comunicações, André Figueiredo, essa medida pode reforçar o caixa dos Correios em R$ 700 milhões por ano.

 

SEM CABIMENTO

Na opinião do ex-Secretário da Receita Federal, Everardo Maciel, a criação de um novo número de registro civil é descabida e sem propósito. “O CPF já cumpre com essa função e está disseminado em meio à população; por isso, não há razão para a criação de outro número”, explica. Para Maciel a proposta do governo federal levaria a mudanças substanciais em toda a estrutura do sistema bancário brasileiro. “Uma alteração nesse sistema não seria nada simples, além de muito cara e desnecessária”, sentenciou.

 

OPORTUNIDADE

A Escola de Música Jorge Andrade vai abrir inscrições para os novos alunos. Segundo explicações de Maria Dulcinéia Gomes, serão oferecidas 300 vagas para os vários cursos que terão início no próximo ano. As inscrições para os novos alunos estarão abertas entre 1º e 3 de dezembro. As inscrições estão abertas para adultos e crianças a partir 8 anos.

 

CACHORRO GRANDE

O deputado Léo Moraes está disposto a enfrentar uma “briga de cachorro grande”. Ele está convocando a população de Porto Velho para participar o primeiro grande “round” da luta, marcado para o próximo dia 30. Naquele dia, às 15 horas o parlamentar (pretenso concorrente ao cargo de prefeito da capital) vai coordenar audiência pública sobre o risco de rompimento das barragens das hidrelétricas do rio Madeira.

 

EVITAR A TRAGÉDIA

Philip Fearnside, cientista pesquisador do INPA afirmou que o vertedouro das usinas (de Santo Antônio e Jirau) não tem capacidade para suportar as grandes enchentes do futuro. Para o parlamentar o assunto é sério “e a população precisa saber da verdade”. Ele entende ser necessário medidas preventivas para que aqui em Rondônia não se repita a tragédia de Mariana, no estado de Minas.

 

DESCUMPRINDO A LEI

O Ministério Público Federal divulga nesta quinta-feira, 19 de novembro, diagnóstico com os resultados da análise do cumprimento da Lei de Acesso à Informação (Lei 12527/2011) pelos órgãos estaduais e federais que atuam em questões socioambientais na Amazônia. O MPF constatou que o descumprimento da lei se dá tanto nos órgãos federais como estaduais nos estados do Pará, Amazonas, Acre, Rondônia, Roraima e Mato Grosso.

 

BLÁBLÁBLÁ

Mais uma cascata recheando factoides dessa gestão (??) de Mauro Nazif, sempre procurando vender a falsa ideia de que há vida inteligente no paço municipal. E dessa vez o blábláblá é em torno do suposto “novo programa de sustentabilidade ambiental” desenvolvido pela Sema (aquela Secretaria onde a Polícia e o Ministério Público andou apreendendo documentos numa operação em curso para investigar desvios e supostos trambiques em licenciamentos fajutas) com a participação de três ongs. E de todo esse aparente truque de madame os arautos do prefeito da embromação anunciaram que a capital rondoniense estará na vanguarda (qua!qua!qua!qua!) em relação às mudanças climáticas com uma nova lei ambiental para o município de Porto Velho. Argh! Chamem logo Gastão, o vomitador!

 

TURISMO

Com a desculpa de participar do 1º Encontro das Metrópoles, a prefeitura vai custeando a presença de uma equipe de aspones deslocados até Curitiba (PR), como participantes desse evento. Pelo visto o novo secretário da Assistência de Porto Velho, Solano Ferreira, ainda não aprendeu a definição real de “metrópole”. Pelo andar da carruagem, Porto Velho vai demorar décadas para se tornar uma metrópole. O MP deveria dar uma conferida quando isso está custando para a municipalidade, em termos de passagens, estadias e diárias.

 

NA PELE

O Ministério Público e o TCE parecem ser completamente tolerantes com a fortuna gasta em propaganda pelos governos estadual e municipal, além de outras instituições públicas rondonienses.

O pior para o contribuinte é saber que a péssima publicidade custeada com os impostos não são ruins só pela falta de capacidade criativa das agências regiamente pagas. O fato é que sem um bom governo não há publicidade boa.

A publicidade paga com o nosso dinheiro não serve aos interesses da sociedade e nem aos interesses dos próprios governantes, pois de nada adianta gastar fortunas em publicidade tentando eleitores de algo que eles não estão sentido.

 

PAPEL DE PREFEITO

E a publicidade dos governantes (estado e município) não comunica a verdade. O que o cidadão contribuinte eleitor sente na própria pele é a realidade de um governo que até hoje não conseguiu sequer terminar a reforma do Ginásio Aluísio Ferreira, esse mesmo governo que vem fazendo propaganda massiva sobre o asfaltamento de ruas da capital, assumindo um papel que na verdade deveria ser de obrigação do prefeito.

O atual chefe da administração rondoniense é o governo do “puxadinho”. É exatamente aquele teatro do teatro inaugurado a toque de caixa, quase 20 anos após o início das obras e que nem assim funciona. Confúcio é um desastre impossível de ser maquiado com propaganda. O mesmo vale para Mauro Nazif. O primeiro sonha com o Senado em 2018 e o segundo com a reeleição no próximo ano.

 

PERSEGUIÇÃO

A coluna recebeu mensagem de William Luiz Pereira, assessor de imprensa da prefeitura de Presidente Médici, onde o mesmo se diz vítima de perseguição ferrenha praticada pelos vereadores Alfredo do Hospital e Sargento Rui, inconformados com as críticas veiculadas no site Estado Central, editado sob a responsabilidade de William. Até agora a prefeitura não se manifestou sobre as desavenças dos edis com seu assessor.

 

REZANDO

Depois da confirmação pela Justiça sobre as condenações de Epifânia Barbosa e Edson Silveira, dois colaboradores muito próximos do antigo prefeito da capital Roberto Sobrinho, um novo hábito estaria sendo adotado pelo petista e família, segundo segredou uma fonte petista da capital. Nos círculos próximos ao ex-prefeito há uma certeza de que ele será novamente preso antes que consiga ser candidato a qualquer coisa pelo PT. Por isso a família faz questão de agradecer a todos que dizem que estão “rezando” por ele.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: