Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  ter,   15/outubro/2019     
artigos

Quando a história de Rondônia e a de Geddel Vieira Lima se encontraram

26/11/2016 15:10:12
Gessi Taborda
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar

FILOSOFANDO

Quem conhece a sua ignorância revela a mais profunda sapiência. Quem ignora a sua ignorância vive na mais profunda ilusão. LAO-TSÉ (Estima-se seu nascimento entre os anos de 1324 a 1408 a.C). Esse filósofo e escritor chinês é considerado o fundador do taoísmo, movimento com vertentes filosóficas e religiosas distintas designadas por nomes diferentes em chinês. Junto com o confucionismo e o budismo, o taoismo integra os fundamentos da tradição espiritual da China.

 

ESCONDIDOS

Ao certo não se sabe, mas há fortes suspeitas de também na Assembleia Legislativa rondoniense tem uma pequena turma ganhando super-salários, alguns acima do teto. Segundo comentários de bastidores Maurão ainda não conseguiu tesourar esses “marajás” que herdou quando assumiu a presidência. Os nomes dos felizardos são mantidos em absoluto sigilo. Entretanto, pelos comentários atrás do biombo trata-se de funcionários com acúmulo de função ou cedidos.

 

ESPETO DE PAU

A propósito da Lava Jato, uma data no mínimo inusitada. Em pleno mês do Carnaval, a sede da superintendência da PF em Curitiba completa 10 anos. Foi erguida pela Schahin por R$ 25 milhões. A mesma construtora citada na Lava Jato.

 

CABEÇUDO

O senador Petecão passou constrangimento na comitiva ministerial durante visita do Ministro dos Transportes nas obras da ponte sobre o Rio Madeira em Abunã (RO). Equipamento obrigatório no roteiro, o capacete não entrou em sua cabeça.

 

ASSOMBRAÇÃO

Fonte considerada com ótimo trânsito nas cercanias das instituições de controle externo dava conta, ontem, de que há uma grande preocupação no MP sobre a suposta existência de fantasmas em folhas de pagamento de prefeituras e instituições do estado, recebendo sem trabalhar enquanto estudam medicina em países como Bolívia ou Paraguai. É possível a deflagração de medidas de investigação colocando na mira não só esses fantasmas mas também seus protetores nos órgãos responsáveis pela confecção das folhas de pagamento.

 

INCÔMODA

Recebi ontem de leitores da coluna nos Estados Unidos uma pergunta incômoda: “Como alguém que responde a 12 inquéritos consegue ser o presidente do Senado no Brasil?”. Responder o que...

 

NOVO IMPOSTO

Presidente da Frente Nacional de Prefeitos, Márcio Lacerda (Belo Horizonte) pediu ao presidente Michel Temer a criação de um novo imposto sobre a gasolina. A ideia é aumentar o preço em 0,5 centavos por litro. A grana reforçaria o caixa das prefeituras.

 

ACELERANDO

Depois de verdadeiro périplo não só por Brasília, mas por também outras paragens, o prefeito eleito de Porto Velho dever permanecer a partir de hoje na capital rondoniense. Assim, vai chefiar pessoalmente a partir da próxima segunda feira o processo de transição que até agora vinha se desenvolvendo pelos seus prepostos. E de acordo com os informes de ontem, até o momento essa transição se desenvolve com tranquilidade, sem sinalizar (ainda) nenhuma grande preocupação para o início da nova gestão da cidade.

 

ANÕES

Há uma similaridade entre o ex-ministro Geddel Vieira (demitido ontem) e a história política de Rondônia. Seu nome foi envolvido no escândalo dos "Anões do orçamento", descoberto em 1993, em que parlamentares foram acusados de desviar verbas e manipular emendas orçamentárias. O baiano escapou ileso.

No mesmo escândalo também figurou um rondoniense, o então senador Ronaldo Aragão, poupado de julgamento pela morte prematura. No caso de Gedel, ele é o sexto ministro de Temer a cair diante de sérias acusações.

 

DESABANDO

A insistência em procurar solução com políticos de fragilidade pessoal nas práticas da ética está levando o governo Temer a desabar antes mesmo de decolar. Pouca gente mantém expectativas de que esse governo do PMDB vá chegar a algum lugar. 

Após a queda de Gedel, os conhecedores de meandros dos acordos de caciques na legenda peemedebista começam a desconfiar de que o furacão de delações a caminho no país irá atingir pessoalmente o presidente, além de aliados, ministros e assessores.

 

BUROCRATA

Ainda não há confirmação mas é cada vez maior o tititi sobre a manutenção de Márcia Luna na pasta municipal que cuida da regularização fundiária de lotes urbanos da capital portovelhense, formada em sua maior parte pelas históricas ocupações de terrenos, não apenas públicos.

Certamente o prefeito Hildon Chaves deve estar sendo municiado sobre o verdadeiro perfil dos nomes ventilados para seu secretariado. 

Márcia sempre cumpriu um papel de burocrata na “destroçada” Caerd. Não há nada de especial em seu perfil “como solução” para esse intrincado papel que foi tema amplo da campanha recente.

 

REGABOFE

Gente da mídia e lideranças reconhecidas que contribuíram de forma decisiva para vitória de Hildon Chaves serão chamados a participar de um jantar de congraçamento com o novo prefeito de Porto Velho. Falta definir data e local, o que pode acontecer logo no início da semana. 

Hildon, disse uma fonte, pretende manter estreitas relações “com os defensores” de sua campanha, diante da verdadeira avalanche de baixarias que teve de enfrentar, especialmente de alguns “jornais” eletrônicos da capital rondoniense.

 

PREVISÃO

A Lava Jato, após a denúncia fim de mundo da Odebrecht pode derrubar não só governos recentes, mas também políticos rondonienses com presença marcante no Senado e na Câmara dos Deputados nos últimos anos. Consta que a empreiteira foi generosa com políticos durante os anos em que atuou fortemente no estado.



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: