Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qua,   30/setembro/2020     
artigos

Sinal de alerta ligado: perigo ronda o TCE

06/04/2017 09:06:35
Gessi Taborda
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar

FILOSOFANDO

Os homens distinguem-se pelo que fazem, as mulheres pelo que levam os homens a fazer.CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE (1902/1987), poeta, contista e cronista brasileiro, formado em farmácia pela UFMG.

 

MALDADES

Brasília não para de queimar a cachola procurando meios de praticar maldades contra nós, os pobres mortais que pagam impostos e elegem os nossos “representantes” (rárárárá!) para o Congresso. Michel Temer, do PMDB, dizem observadores, vai tentar conseguir a aprovação em caráter de urgência do Regime de Recuperação Fiscal dos Estados, cuja adesão proíbe concurso público, eleva a taxação aos aposentados de 11% para 14%, congela salários dos servidores públicos e privatiza empresas de água e energia. O projeto é uma adequação da PEC 55 aos entes federativos.

 

BYE, BYE

Num estado como Rondônia onde já é praxe nas instituições lotar a folha com servidores comissionados (indicados por políticos sem depender de concurso público) certamente a classe dos estatutários entrará em extinção. Quem diante desse cenário terá estímulo para se enfrentar o processo do concurso público se simplesmente não terá nenhuma garantia de que será convocado para o cargo?

 

BRUZUNDANGAS

Difícil saber se estamos próximos de uma nova explosão popular com rebeldia, como aconteceu lá no vizinho Paraguai, com o povo destruindo o prédio do Congresso daquele país.

No Brasil parece existir uma total descrença nos políticos sobre os riscos de uma revolta do povo nos moldes do Paraguai. Os nossos políticos estão convencido da tolerância dos brasileiros, crendo em sua incapacidade de rebelar contra as instituições que fazem de tudo para manter os privilégios atuais com saídas meramente periféricas e não fazendo as reformas exigidas pela população. Até quando a população vai ficar inerte nesse país de bruzundangas?

 

VOTO EM LISTA

Agora, diante da aprovação pela Câmara dos Deputados, os brasileiros terão um novo sistema de votação. É o voto em lista fechada, ou seja, nos partidos. Qual o objetivo dos políticos com isso? Dar um escudo para políticos investigados pela Lava Jato no Supremo Tribunal Federal e que temem perder o foro privilegiado nas eleições de 2018 se não tiverem seus mandatos renovados.

 

GRANDES PARTIDOS

É por isso que essa arapuca teve o apoio de tucanos, peemedebistas e de petistas. Engraçado é que PMDB e PSDB sempre foram contra a aprovação desse monstrengo. Uma mudança de ideia em tão pouco tempo é mau sinal. Com tudo isso fica muito difícil dizer ao eleitor que seu voto terá condições de promover qualquer tipo de mudança positiva na política brasileira. O que pinta no pedaço é aquela certeza de que “tudo ficará como dantes no quartel de Abrantes”.

 

BARRAGEM

Os últimos acontecimentos relacionados com a desintegração do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro, pela corrupção de seus conselheiros (só sobrou uma integrante), presos por práticas (continuadas) de vários crimes apurados na operação “Quinto do Ouro” deve servir como alerta nesse momento em que nomes ligados ao governo do peemedebista Confúcio Moura começam a trabalhar (e ser trabalhados) para conseguir a indicação ao cargo.

Se as articulações palacianas com o apoio de alguns parlamentares prosperarem em favor de nomes que gravitam nos limites das secretarias mais próximas do gabinete do próprio governador, será infligida ao TCE rondoniense uma ameaça tétrica de viver o chamado “efeito Orloff”, repetindo algo como a decadência carioca. Alguém precisa barrar isso enquanto é tempo.

 

ILEGAL

A maioria da Corte suprema decretou que é vedado aos policiais civis o exercício do direito de greve - como também a todos os servidores públicos que atuem diretamente na atividade-fim da segurança pública.

 

DEFINIDA

A sessão solene para homenagear o centenário do jornal Alto Madeira vai acontecer no próximo dia 10, às 15h30, na Assembléia Legislativa. A definição aconteceu na sessão legislativa da manhã de ontem, que foi presidida pelo deputado Maurão de Carvalho.

 

PARA INGLÊS

Segundo a opinião de advogados consultados pela coluna, o julgamento da chapa Dilma/Temer é teatro brasileiro para inglês ver. Bastam um ou dois pedidos de vistas e um par de embargos para emperrar o processo e impedir o seu desfecho, que, no entendimento desses juristas, deveria levar à cassação de Temer.

 

AO VIVO

Com o objetivo de facilitar o acesso a linhas de crédito, o subsecretário (??) da pasta da Agricultura do município da capital, Evaldo de Lima, levou pela primeira vez o superintendente do Banco do Brasil em Rondônia, Antônio Carlos Soares, para uma visita aos produtores rurais do cinturão verde.

 

LAVAR AS MÃOS

Merece reconhecimento positivo o prefeito Hildon Chaves por atender um pedido antigo da população retomando os espaços públicos (praças e calçadas principalmente) ocupados há décadas pelos vendedores de contrabando e pirataria, um comércio ilegal que lesa o fisco e engana os consumidores. É o primeiro prefeito que não lavou as mãos para o cumprimento da lei de uso do solo e também da garantia do direito de ir vir de todos os cidadãos.



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: