Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  qui,   13/agosto/2020     
artigos

Já em curso tenebrosas transações visando financiar a sucessão

13/05/2017 09:29
Gessi Taborda
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 


 

FILOSOFANDO

A melhor maneira de ser livre é ser culto.JOSÉ MARTI (1853/1895), foi político, intelectual, jornalista, filósofo e poeta cubano. Seu pensamento ganhou caráter universal. Ele foi o grande mártir da independência de Cuba em relação à Espanha.

 

BURACOLÂNDIA

Dados da própria prefeitura de Porto Velho confirmam o deplorável estado das ruas da capital dos rondonienses. Até agora, diz o informe, a prefeitura já gastou “cerca de 6 mil toneladas” de asfalto na operação tapa-buracos, algo como 500 caçambas para transportar o produto... E mesmo assim, as ruas continuam dando a ideia de que vivemos numa “buracolândia”. Até em bairros como o Flodoaldo Pontes Pinto (antigo Calama) onde os buracos continuam cada vez maiores, apesar da promessa do prefeito e de seu vice em resolver o problema, a situação é desesperadora.

 

GOZAÇÃO

É claro que tudo isso não passa de mais um truque de madame, de mais uma tentativa de políticos devidamente queimados em investigações da corrupção pela Lava Jato no estado, tentando enganar o povão na eterna prática de enrustir a brachola.

E ai vem um tal de “carioca” (de onde?) de uma tal de “Assofermadmoré” (que nome, parece marca de purgante!) falar da entrega de um projete de “recuperação” da Madeira Mamoré ao ministro Beltrão, do Turismo, acompanhado do casal Raupp, no valor de (isso mesmo) R$ 4 milhões. Em última análise, isso não significa nada.

Afinal, mais de 20 milhões foram torrados só na praça da Madeira Mamoré. Não resolveu nada e só serviu para alegrar corruptos. Se não for gozação é mais um exercício de ingenuidade de quem continua acreditando em duendes e papai-noel.

 

SEM SE MEXER

A veiculação da peça de publicidade promocional, paga com o meu e o seu dinheiro, para alavancar uma dessas bandas de rock desconhecidas, batizada nessas paragens de “Versalles” (ou seja, nada!) continua. E na Assembleia (rá,rá,rá,rá,rá.. A casa do povo! Que povo?) e no Ministério Público ninguém se mexe contra esse absurdo. Continuam levando na conversa o deputado cristão e probo, Maurão de Carvalho. Ah! tá: então a ordem é não negar nada para o arremedo de agência que bola essas maracutaias? Fale alguma coisa MP! Se explique TCE...

 

PESO

Mais do que nunca Rondônia precisa de políticos capazes de sentir o peso da responsabilidade da representação popular de respeitar os gastos do dinheiro público. E precisamos também de agentes do Judiciário que não precise de pressão popular para agir.

 

TIPO MORO

Precisamos de homens da toga como os procuradores da Lava Jato e como o Juiz Sérgio Moro, que não se acovardem diante da falta de brio de dirigentes públicos que permitem o saque do dinheiro do contribuinte nesses esquemas desavergonhados. Não há, na história de nenhum legislativo brasileiro, um parâmetro capaz de justificar essa desavergonhada, desnecessária e estúpida propaganda paga com o dinheiro de todos nós, contribuintes do erário.

 

CODINOME

Ontem o comentário da manhã entre jornalistas da Assembleia Legislativa foi aberto em torno da revelação de outro codinome criado para identificar a ex-presidente Dilma.  É ironia do destino. Dilma, que usou muitos codinomes quando lutou contra o regime militar, acaba sendo apanhada com outro codinome, em plena democracia, criando-se uma nova versão do velho ditado, porque agora pau que dá em Wanda também dá em Iolanda.

 

RAINHA DA TRAGÉDIA

Prestem atenção no currículo de Dilma e (se é o seu caso) se pergunte: como votei nessa mulher? Seu currículo é impressionante. Foi uma tragédia como empresária, faliu uma loja de produtos R$1,99. Repetiu a dose como governante  ou governanta, como prefere. Seu grande orgulho era não se meter em crimes e irregularidades. A partir de agora, diante da delação de seus marqueteiros, Dilma não tem mais nada para se orgulhar.

 

DERRUBADO

Confúcio Moura cultivou sempre o papel de “político todo puro”. Agora, enquanto fica ai escrevendo besteiras em seu blog (coisas como o seu “teletransportador”) sua situação vai piorando cad.

O sempre bem informado jornalista (e advogado) Robson Oliveira revelou na sua coluna (que está na mídia) a real possibilidade de Confúcio ser afastado do governo. Enquanto não é derrubado do cargo, o governador insiste em ideias malucas, como a de que os rondonienses passem a criar peixes no fundo do quintal... quá!quá!quá!

 

BNDES & RONDÔNIA

Então, finalmente, a Polícia Federal chegou ao BNDES seguindo a trilha do Friboi. E ai surge a pergunta que não quer calar: será que vão chegar aos “empresários” rondonienses (alguns reconhecidos como políticos) que foram mimoseados com a grana fácil da instituição?

 

TENEBROSAS

Já começam a deslanchar tenebrosas transações entre políticos prontos a disputar (a qualquer preço) o governo do estado e representantes do alto capital, objetivando financiamento da caríssima campanha que se avizinha. Ainda há quem acredite na facilidade de conseguir (até ilegalmente) financiadores para os projetos milionários de poder depois de tudo o que vimos nesses últimos meses.

 

INÚTIL

É uma piada sem graça de alguns “jornalistas” colocar o Lindomar Garçom como algum representante importante do povo na Câmara dos Deputados. Até agora ele só se destacou como “Papagaio de Pirata”, papel desempenhado com insistência a partir do impeachment de Dilma.

A triste verdade é uma só: Lindomar é completamente inútil e omisso. Perdeu o cacife político até na cidade de Candeias. Não controla ninguém da política de lá. Deve estar na Câmara dos Deputados só para desfrutar das prebendas, do foro privilegiado e das mordomias.

 

VAI DISPUTAR

Caetano Neto não é apenas um advogado respeitável. Ele preside a Associação de Defesa dos Direitos da Cidadania, a ADDC, e tem livre trânsito no mundo político. Nesse segmento já desempenhou várias funções e chegou a chefiar, por um longo tempo, o escritório político de Odacir Soares, quando este (no passado) se intitulava o senador da BR364. Pois é: agora Caetano está decidido: vai disputar o Senado no próximo ano. Terá como suplente Arlindo Xavier, de Ji-Paraná. O partido pelo qual pretende sair candidato ainda é uma incógnita.



Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: