Anuncie:  

Debate do Mês

Data: 20/5/2011

Que benefício trará para o povo a ida de deputados rondonienses para Santa Catarina?



Colunistas
Receba as matérias do site em seu e-mail

Cadastrar
Cancelar Cadastro

 

Porto Velho,  dom,   15/dezembro/2019     
artigos

A doença letal que não mexe com a sensibilidade do governador

21/03/2019 21:18:21
Gessi Taborda
Comente     versão para impressão     mandar para um amigo    

 



Clique para ampliar

RECLAMAÇÃO GERAL

Nos escaninhos da Assembleia Legislativa é visível o descontentamento dos deputados com o governo do estado. No geral reclamam da dificuldade de marcar horário com o chefe do Executivo e até com seus principais secretários. Esses entraves só servem para azedar ainda mais o relacionamento do governo com os parlamentares expondo de forma categórica a falta que faz ao governador ter alguém capaz de ensiná-lo o múnus do poder.

 

SOLUÇÃO

Recentemente consumou-se a falência da tradicional rede de supermercados Gonçalves, de Rondônia. Esse fato lamentável vem agudizar ainda mais a enorme crise econômica do Estado, ceifando milhares de empregos com o malogro de outras iniciativas do setor privado, em segmentos como transporte, turismo e prestação de serviços. É desolador constatar o grande número de imóveis comerciais fechados, tais como hotéis e distribuidoras.

O desemprego é incontestavelmente a mais dramática doença afetando o cotidiano de nossa população. E a solução para esse quadro desolador é facilmente definida: geração de empregos.

 

DOENÇA LETAL

O novo governo não adiantou nada sobre como pretende animar a economia rondoniense. Pelo visto não sabe como amenizar o desemprego que impiedosamente faz vítimas em todos os espectros da sociedade, ceifando principalmente crianças e jovens adolescentes, sufocando as famílias.

O desemprego traz para as famílias atingidas a depressão, o estresse, a insônia, as doenças nervosas, a violência e as drogas, e todo tipo de desconforto familiar.

Queremos ouvir do governador Marcos Rocha as explicações de como vai fomentar a geração de novas frentes de trabalho por toda Rondônia e quais os mecanismos éticos e honestos vai utilizar para atrais novos investimentos internos e externos. É preciso abrir e fortalecer nossa economia. Marcos Rocha não fala nada sobre a solução dos problemas sociais do estado, do combate a essa doença letal que é o desemprego.

 

PREVIDÊNCIA

Gostaria de propor duas alternativas aos deputados e senadores: 1) Que todo o IR pago por aposentado, volte para a Previdência; 2) Quem recebe atualmente acima de R$ 15 mil, a tributação seja de, no mínimo, 50%. E que vá, também para o bolo da Previdência. Isso é justiça. Esse pessoal que ganha valores exorbitantes pela realidade brasileira deve ser bem taxados, pois na maioria não contribuiu para esse benefício. Pelo que li quem ganha pouco vai dar uma dose de sacrifício, proporcionalmente, muito maior do que os abastados.

 

TEMER PRESO

É muito cedo para dizer qualquer coisa. As informações são precárias e os fatos pouco conhecidos. Ainda assim, dificilmente — para não dizermos impossível — tratar-se-á de alguma barbaridade. Ôrra meu! Finalmente Temer está preso! Como dia e noite se sucedem, é certeza que o marido de Marcela sairá muito, mas muito em breve do xilindró. Isso dará motivos para a turma do meliante Lula gritar (sem razão!, pois o larápio foi julgado e condenado). Dará motivos para os inimigos da Lava Jato gritarem também. Mas por ora, Temer está preso!

Tenham a seguinte certeza: os acontecimentos de quinta-feira atrapalharão bastante os dias vindouros. Será bom para Lula; será bom para todos os criminosos e amigos; será bom para a banda podre dos Três Poderes; será péssimo para os brasileiros que dependem de reformas importantíssimas, que restarão suspensas, que serão postergadas! Mas, se querem saber, tô me lixando agora: que se f* Temer e Moreira Franco! Ah, esse último é o pai da mulher de Maia, o presidente da Câmara.

 

IBOPE

Jair Bolsonaro, segundo pesquisa do Ibope, caiu 15 pontos e hoje só tem 34% de aprovação. F* a pesquisa. Qual a credibilidade do Ibope para fazer essa afirmação?

 

ARTICULANDO

O prefeito Hildon Chaves promoveu na quarta feira mudanças importantes na composição de seu secretariado. No lugar de Luiz Fernando Martins, o prefeito deu posse a Basilio Leandro de Oliveira como o novo Secretario Geral de Governo. Na Secretaria de Educação assumiu Márcio Antonio Ribeiro no lugar de César Licório.

Na cerimônia realizada no gabinete do prefeito Hildon Chaves não deixou de sinalizar que já está de olho na disputa sucessória do próximo ano. E mesmo assim evitou antecipar o debate eleitoral.

 

CONJUNTURA

Sem descartar sua disposição de disputar um segundo mandato, Hildon preferiu atribuir as mudanças no “staff” de primeiro escalão para agilizar procedimentos de captação de recursos para investimentos em projetos a serem executados ainda nesse primeiro semestre. O prefeito não escondeu seu sentimento: “Bem, arrumamos a casa e as finanças da prefeitura; agora vamos valorizar a dimensão política”.

O prefeito está animado com os resultados obtidos na recuperação administrativa da prefeitura. Para ele a nova conjuntura politica que sua gestão viverá a partir de agora pode viabilizar a candidatura pela reeleição, possibilidade a ser reforçada e aprofundada no segundo semestre.

 

SEM AMARRAS

Há um consenso entre os integrantes do gabinete de Hildon Chaves sobre a necessidade de melhorar a comunicação do prefeito. O grande esforço do prefeito em libertar a administração municipal “das amarras” herdadas das gestões anteriores, especialmente no quesito econômico e gerencial, é pouco conhecido da população.

A prefeitura estava literalmente quebrada, numa classificação de risco que a impedia de receber recursos para investimentos por parte de agentes financeiros, até mesmo oficiais como CEF ou Banco do Brasil.

Hildon não só conseguir evitar a falência como também reduzir a dívida do município com precatórios que eram estabelecidos sem que os seus antecessores sequer auditassem os valores impostos.

 

EM SILÊNCIO

Enquanto lutava no plano econômico e livrava Porto Velho de ser refém de multimilionários precatórios e do caos, Hildon Chaves foi consertando também os grandes furos das administrações (??) anteriores em áreas sensíveis como a iluminação pública, a educação, o transporte e a saúde.

Veja o caso do transporte coletivo urbano: ninguém está se dando conta, mas a concorrência pública para escolher empresas que vão operar o sistema de forma definitiva está em pleno andamento, embora ninguém dê um pio sequer sobre o assunto.

O trabalho constante de melhoria nas condições urbanas de Porto Velho também não gera o noticiário propositivo em favor da gestão atual. Então o prefeito esperar conseguir um novo estilo na comunicação, que sinalize o otimismo do momento e melhore as expectativas dos contribuintes municipais.

 

ASFALTO E GALERIAS

Graças à recuperação das destroçadas contas públicas, o prefeito está ultimando os detalhes de um volumoso aporte de dinheiro a ser investido em asfaltamento de centenas de vias públicas da capital, bem como na construção de galerias de águas pluviais e obras de combate a inundações.

Esse será um trabalho marcante e fundamental para ampliar a segurança urbana e a qualidade da saúde dos habitantes pela melhoria do saneamento básico. Conseguindo os bons resultados da gestão após a reengenharia das finanças públicas, Hildon tem sim potencial para emplacar um novo mandato.

 

ENTRE OS MELHORES

Longe do envolvimento com escândalos de corrupção comuns no passado recente, Hildon Chaves já tem seu nome incluído na lista dos melhores prefeitos de Porto Velho.

Seu futuro passa necessariamente por uma gestão eficiente e sem comprometimento com a classe política rejeitada pelos eleitores.

A arrumação das contas do município, a conclusão de obras paradas por décadas (caso dos viadutos) e a atração de investimentos ampliando o potencial da economia de Porto Velho, confirmará que ele governa bem, podendo ser, prefeito de novo, principalmente melhorando sua comunicação com os formadores de opinião do andar de cima!

 

BOA SOLUÇÃO

Agora o prefeito dá início a uma etapa fundamental para melhorar como nunca a prestação de serviço do Executivo à população. Começa hoje o programa de investimentos na capacitação dos servidores públicos municipais, num cronograma de atividades, treinamentos e formação que durarão o ano todo.

Por decisão do prefeito, a partir de agora a prefeitura vai seguir todas as exigências da lei Ficha Limpa nas contratações efetivadas até de servidores comissionados. Então, além de conduta ilibada, os contratados terão de comprovar capacitação para o exercício da função. É uma solução para aumentar a qualidade dos serviços prestados pela municipalidade.




Nenhum comentário sobre esta matéria

Mais Notícias
Publicidade: